Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/49984

TitleO Pomar: projeto de requalificação da zona urbana de Moimenta da Beira
Author(s)Simões, Sibila Coutinho
Advisor(s)Fontes, André Cerejeira
Issue date15-Jan-2018
Abstract(s)O trabalho agora desenvolvido incide sobre a intervenção numa paisagem urbana, que cresceu aleatoriamente, ao acaso da exploração económica e do “Boom” da construção dos anos 90, este “lugar” é Moimenta da Beira, sede de concelho, situada no distrito de Viseu. O momento de partida começa com uma reflecção sobre o crescimento do construído do “Lugar”. Houve ou não influência directa: da topografia, ou das linhas de água, de vias de comunicação como as estradas nacionais ou municipais, ou até da venda ou não de terrenos privados, ou porque não da legislação, como planos de ordenamento do território? Depois desta análise chega-se ao objeto, uma parcela agrícola, situada no centro da vila de Moimenta, vila esta, de interior com cerca de 4000 habitantes. Este “lugar” tem 3 linhas de água, agora canalizadas no subsolo, que em tempos formaram ribeiros que iriam desaguar no Rio Távora (afluente do rio Douro). O facto de Moimenta da Beira se ter desenvolvido nas margens do “objeto” é somente porque esta parcela de terreno sempre esteve em mãos de um único proprietário privado, abastado e que não pretende alienar o património da família. Este “lugar” é por isso o Pomar de uma casa, outrora senhorial, o que sempre tornou inviável a construção nesta área. Numa primeira fase analisa-se a envolvente e como influenciou a ocupação deste território, estudou-se ainda as relações que existem entre a evolução/crescimento do construído de Moimenta da Beira ao mesmo tempo que se procura interligar espaços de referência desta vila. Propõe-se com isto uma intervenção que assenta em pequenos espaços localizados neste vasto Pomar, onde o Pomar se transforma em espaço público para os habitantes desta pequena vila.
The work now developed focuses on intervention in an urban landscape, which grew randomly at random economic exploitation and the Boom of the construction of the 1990s, this "place" is Moimenta da Beira, county seat, located in the district of Viseu. The moment of departure begins with a reflection on the growth of the built of the "Place". Was there a direct influence on the topography, or water lines, of communication routes such as national or municipal roads, or even the sale of private land, or why not legislation, such as land use plans? After this analysis we arrive at the object, an agricultural parcel, located in the center of the village of Moimenta, this village, in land with about 4000 habitants. This "place" has 3 water lines, now channeled underground, which once formed streams that would flow into the River Távora (a tributary of the Douro River). The fact that Moimenta da Beira has developed along the banks of the "object" is only because this parcel of land has always been in the hands of a single private owner, wealthy and who does not intend to alienate the family assets. This "place" is for that reason the Orchard of a house, once seigniorial, which always made the construction in this area unfeasible. In a first phase the surrounding environment is analyzed and as it influenced the occupation of this territory, it was also studied the relations that exist between the evolution / growth of the built of Moimenta of the Beira at the same time that one tries to interconnect spaces of reference of this town. It proposes an intervention that is based on small spaces located in this vast Pomar, where the Orchard becomes public space for the inhabitants of this small village.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Arquitectura (área de especialização em Cidade e Território)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/49984
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
EA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sibila Coutinho Simões.pdfTese7,6 MBAdobe PDFView/Open
Anexos.rarAnexos35,15 MBUnknownView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID