Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/47184

TitleColheita sustentável de uma espécie invasora bem-sucedida: implicações para a comunidade macrozoobentónica
Author(s)Silva, Pedro Filipe Oliveira da
Advisor(s)Ilarri, Martina
Sousa, Ronaldo Gomes
Issue date2017
Abstract(s)As espécies invasoras são um dos problemas ecológicos que mais preocupam a comunidade científica, uma vez que comprometem a conservação e a biodiversidade a nível mundial, sendo os ecossistemas de água doce um dos mais afetados por esta situação. A amêijoa asiática, Corbicula fluminea é uma das espécies com maior potencial invasor em sistemas aquáticos podendo gerar elevados impactos ecológicos e económicos. A exploração comercial deste bivalve invasor pode ter um papel preponderante no controlo das suas populações nos ecossistemas invadidos. Para este efeito, é necessário avaliar o impacto de distintos métodos de colheita de C. fluminea. Neste sentido, este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da colheita de C. flumínea, sobre a comunidade macrozoobentónica numa de área selecionada do Rio Minho, através da utilização de dois métodos diferentes de colheita, ganchorra (tratamento ganchorra; G) e apanha manual (tratamento manual, M). Foi também selecionada uma área controlo (tratamento controlo; C) em que não foram recolhidos quaisquer indivíduos da espécie. Amostras foram também recolhidas para a caracterização do sedimento. A fauna macrozoobentónica, nos diferentes tratamentos, foi recolhida em três tempos distintos (imediatamente após a colheita (tempo TO), e 15 dias (tempo T1) e 75 dias (tempo T2) dias após a colheita), de modo a avaliar a recuperação da comunidade macrozoobentónica ao longo do tempo. Um total de 9 taxa foram identificados. A densidade da fauna associada recuperou mais rapidamente aos impactos causados pela colheita de C. flumínea, quando comparado a riqueza de espécies e aos índices de diversidade. Comparando os dois métodos de recolha verificou-se que o tratamento manual foi o que teve melhores resultados em termos de densidade, e o tratamento ganchorra em relação à diversidade de espécies. Dos 9 taxa associados, 4 variaram a densidade ao longo dos tratamentos e tempos. A espécie Corophium multisetosum foi a espécie que dominou a densidade ao longo do tempo, resultado possivelmente associado às alterações no sedimento causadas pela recolha de C. fluminea. Os resultados deste estudo servem de referência para futuros trabalhos que visem o controle de C. fluminea sendo que ambos os métodos de recolha parecem ter impactos mínimos na comunidade macrozoobentónica.
Invasive species are one of the main ecological problems concerning the scientific community nowadays, given their impacts on conservation and biodiversity, being freshwater ecosystems especially affected. The Asian Clam Corbicula fluminea is a specie with great invasive potential in aquatic systems. It can be responsible for several ecological and economics impacts. Their commercial exploitation can be crucial for the management and control of the species in invaded ecosystems. Given this situation, it is important to assess the impacts dealing with different harvesting techniques to collect C. fluminea. To this end, this study aims to evaluate the effects caused by C. fluminea harvesting in the macrozoobenthic community using a selected area in the Minho River, using two different methods: rake (rake treatment, G) and by hand (manual treatment, M). Also, a control treatment (control treatment, C), in which no individuals of C. fluminea were collected, was also selected. Samples were also collected for the characterization of the sediment. Macrozoobenthic fauna was collected in three distinct periods (immediately after the harvesting of C. fluminea (T0), 15 (T1) and 75 (T2) days after the harvesting) in order to evaluate the impact caused by the harvesting and the ability of the macrozoobenthic community to recover throughout time. In total, 9 taxa were identified. Density of the associated fauna showed a better response to the impacts resulting from the harvesting of C. fluminea when compared to the richness and other diversity indexes. Of the 9 associated taxa, four varied in density in the comparison between treatments and time. Corophium multisetosum was the dominant species and this result was, in a certain way, probably associated with changes in sediment as a result of the C. fluminea harvesting. Results of this study may serve as a reference for future works dealing with the control of C. fluminea and both harvesting methods seem to have minor impacts on the macrozoobenthic community.
TypemasterThesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ecologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/47184
AccessembargoedAccess (2 Years)
Appears in Collections:DBio - Dissertações de Mestrado/Master Theses
BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PedroSilva_vfinal.pdf522,96 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis