Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/46369

TitleSobre lugares imaginários: um estudo do espaço na cidade fictícia de Macondo
Author(s)Telhada, Ana Mafalda Paiva Pinto
Advisor(s)Silva, João Ricardo Rosmaninho Duarte
Issue date11-Jul-2017
Abstract(s)Esta dissertação é dedicada aos lugares imaginários da ficção. Aqueles que nunca foram construídos e que, ainda assim, existem na nossa consciência e, com mais ou menos protagonismo, fazem parte do nosso repertório arquitectónico. O objectivo é abordar a arquitectura através de um outro filtro: o da narrativa (na ficção). Para isso, encaramos a ficção como um método válido para ser avaliado também no campo da arquitectura e como uma outra possibilidade de olhar para o espaço. Neste caso, assumindo também o papel de leitor, propomo-nos a explorar as possibilidades dadas pela cartografia imaginária e a encontrar nos espaços da ficção escrita um conteúdo arquitectónico. Muitos dos lugares de que iremos falar incitaram crenças, motivaram pesquisas; outros simplesmente estimularam a fantasia de alguns leitores; e muitos, por se terem disseminado tanto no nosso imaginário (neste caso Ocidental), contribuíram irremediavelmente para a leitura que fazemos de um determinado lugar. Por exemplo, associamos muitas vezes a torre a uma expressão da soberba humana no espaço, e a floresta a um lugar sombrio e confuso, susceptível ao perigo e onde habitam animais selvagens ou outras criaturas misteriosas; sabemos que a casa construída em madeira é mais frágil do que a de tijolo e, por sua vez, mais resistente do que a de palha; reconhecemos que o interior da terra é um lugar reservado ao reino dos mortos. Sabemo-lo “intuitivamente”. Isto porque as referências do lugar arquitetónico imaginário dão-nos também vocabulário para abordar o espaço construído. Assim, Macondo, a cidade imaginada por Gabriel García Márquez surge como possibilidade para um estudo mais aprofundado acerca de referências arquitectónicas na narrativa.
This dissertation is dedicated to imaginary places in fiction. Those that were never build but still exist in our conscience and, with more or less protagonism, are part of our architectural repertoire. The main goal is to approach architecture through a filter: the narrative one (in fiction). In order to do that, we will face fiction as a valid method to be evaluated in the field of architecture and as another way to look into space. In this case~, and assuming the role of a reader, we propose to explore the possibilities given by imaginary cartography and find architectural content in fictional locations. Many of the places that we will discuss incited beliefs, motivated researches; others simply stimulated fantasy in readers; and many irreparably contributed to the lecture of a certain space by disseminating through our imaginary. For example, many times we associate the tower to a expression of human superb in space and the forest to a dark and confused place, susceptible to danger and where the wild animals or other mysterious creatures live; we know that a house made of wood is more fragile than one made of brick, which is more resistant than one made of straw; we recognize the inside of the earth as a place reserved for the dead. We know this intuitively. This happens because the architectural repertoire also gives us the vocabulary to approach a constructed space. Ultimately, Macondo, the city imagined by Gabriel García Márquez, appears as one possibility to aboard in a deeper way the terms of the architectural references in the narrative.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Arquitectura (área de especialização em Cultura Arquitectónica)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/46369
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
EA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Ana Mafalda Telhada_2017.pdfTese11,55 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID