Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/44846

TítuloEnvironmental behavior: A comparative study between Brazilian and Portuguese students
Autor(es)Côrtes, P. L.
Dias, A. G.
Fernandes, M. Eduarda
Pamplona, J.
Palavras-chaveEnvironmental attitudes
Environmental behavior
Green consumption
Cross-cultural study
Comportamento ambiental
Atitudes ambientais
Consumo verde
Estudo transcultural
Actitudes ambientales
Comportamiento ambiental
Consumo verde
Estudio transcultural
Data2016
EditoraAssociação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (anppas)
RevistaAmbiente and Sociedade
CitaçãoCôrtes, P. L., Dias, A. G., Fernandes, M. E. S. T., & Pamplona, J. M. V. (2016). Environmental behavior: A comparative study between Brazilian and Portuguese students. Ambiente e Sociedade, 19(3), 111-134. doi: 10.1590/1809-4422asoc139099v1932016
Resumo(s)Although undergraduate students have great access to environmental information, it does not mean that an environmental behavior is being developed. With the use of a scale applied to 1035 university students from Brazil and Portugal, it was examined how the environmental behavior of these students is structured. Using multivariate statistical techniques, it was verified that there is a similarity in the environmental behavior of both groups, with environmental beliefs being manifested by an opposition to the anthropocentric view. The environmental attitudes have the concerns related to the environment as their predecessor. These concerns influence the option to control economic growth, which is reinforced by the ecocentric point of view of the respondents and is manifested by the perspective of a decrease in production and in consumption as well as the promotion of welfare. Although there is a tendency, the option for green consumption is not fully accomplished.
Jovens universitários têm acesso crescente às informações ambientais, mas isso não significa que haja o desenvolvimento de um comportamento em prol do meio ambiente. Com a utilização de uma escala aplicada em 1035 estudantes universitários do Brasil e de Portugal, foi averiguado como ocorre a estruturação e manifestação do comportamento ambiental desses estudantes. Utilizando técnicas estatísticas multivariadas, verificou-se uma similaridade no comportamento ambiental de ambos os grupos, com as crenças ambientais se manifestando por uma oposição à visão antropocêntrica. As atitudes ambientais têm como antecedentes as preocupações relacionadas ao meio ambiente. Essas preocupações influem na opção pelo controle do crescimento econômico, perspectiva reforçada pela tendência mais ecocêntrica dos entrevistados e que está pautada por uma diminuição da produção, do consumo e promoção do bem-estar. Verificou-se também que a opção pelo consumo verde ainda não se realiza totalmente, embora seja verificada uma tendência favorável.
Los estudiantes universitarios tienen cada vez más acceso a la información ambiental, pero eso no significa que haga el desarrollo de un comportamiento compatible. Con una escala aplicada en 1035 estudiantes universitarios de Brasil y Portugal, se examinó cómo está estructurado el comportamiento ambiental de estos estudiantes. Con el uso de técnicas estadísticas multivariantes, fue verificada una similitud en el comportamiento ambiental de los dos grupos, con las creencias ambientales si manifestando por una oposición a la visión antropocéntrica. Las actitudes ambientales tienen como antecedentes las preocupaciones relacionadas con el medio ambiente. Estas preocupaciones influyen en la opción para el control del crecimiento económico, reforzada por una tendencia ecocéntrica y se caracteriza por una perspectiva de disminución de la producción y del consumo además de la promoción del bienestar. También sí verificó que la opción por el consumo verde no se realiza plenamente, aunque se verifica una tendencia favorable.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/44846
DOI10.1590/1809-4422ASOC139099V1932016
ISSN1414-753X
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIG-R - Artigos (Papers)
CCT - Artigos (Papers)/Papers
NIMA - Artigos/Papers

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
efernandes.pdf863,52 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis