Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/38401

TitleMais além de quem escreve: “Eu também posso ser Ilustrador”: desenvolvendo múltiplas linguagens num projeto curricular integrado
Other titlesBeyond the writer: “I can also be an illustrator”: developing multiple languages in an integrated curricular project
Author(s)Pereira, Isabel Sofia Vieira
Advisor(s)Carvalho, Maria de Lurdes Dias de
KeywordsIlustração
Projeto curricular integrado
Múltiplas linguagens
Illustrations
Integrated curricular project
Multiple languages
Issue date2015
Abstract(s)O projeto de intervenção pedagógico, Mais além de quem escreve: “Eu também posso ser ilustrador”. Desenvolvendo múltiplas linguagens num Projeto Curricular Integrado, é um projeto que tem como enfoque central as ilustrações dos livros infantis. Este projeto é também caraterizado por ter sido um projeto desenvolvido gradualmente e de forma colaborativa com as crianças e educadores de cada contexto educativo em que tive a oportunidade de estagiar. Uma vez que o livro é um dos objetos comuns e próximos de uma criança que frequenta a educação pré-escolar, caracteriza-se simultaneamente como sendo um objeto repleto de caraterísticas literárias, mas também de características plásticas. Estas dizem respeito especialmente às ilustrações que compõem a obra literária. Quando uma criança contacta com um livro, a “imagem” auxilia o texto e assume um lugar privilegiado para as crianças pré-leitoras, pois é através da sua linguagem/leitura visual que compreende o enredo da história. Tal como o mundo não tem apenas uma linguagem, mas sim várias - múltiplas linguagens (Loris Malaguzzi) - a Arte Plástica assume-se como uma dessas linguagens que, através dos seus meios, técnicas, materiais e cores dão a conhecer “um” mundo à criança, auxiliando-a a interpretar, a descobrir e a explorar esse mesmo mundo de variadas formas. Compreendemos, então, que tanto a Arte Plástica como as ilustrações infantis são detentoras desses mesmos meios, técnicas, materiais e cores. A curiosidade que despontou toda a intervenção foi uma questão levantada por uma criança sobre “Quem faz as imagens dos livros?”. Aliando-se as ilustrações dos livros infantis com a Arte Plástica este projeto pedagógico/curricular permitiu construir dinâmicas e metodologias de trabalho onde a criança é um sujeito ativo do seu processo de aprendizagem. Assim, as intenções das crianças sobre o querem aprender, o que querem fazer e descobrir fizeram surgir propostas e experiências de aprendizagem que deram coerência e consistência a todo projeto. As principais considerações finais deste trabalho de investigação e intervenção leva-nos a refletir a relação entre o desenvolvimento das múltiplas linguagens e integração curricular, tanto na ação pedagógica na educação pré-escolar como na creche.
The pedagogical intervention project, Beyond the writer: “I can also be an illustrator”. Developing multiple languages in an Integrated Curricular Project, is a project in which the central focus is the illustrations in children’s books. This project is also characterized for being developed gradually and in collaboration with the children and educators in every educational context where I had the opportunity of working as an intern. Since books are a common and close object to a child in pre-school education, it is simultaneously featured as an object packed with both literary and plastic characteristics. These correspond mostly to the illustrations that compose de literary work. When a child establishes contact with a book, the “image” helps the text and assumes a privileged place to pre-literary child, since it is through his/her language/ visual reading that the child will understand the story line. Such as the world does not have only one language, but instead various – multiple languages (Loris Malaguzzi) – the Plastic Art assumes itself as one of these languages which, through their resources, technics, materials and colours expresses “a” world to a child, helping him/her to interpret, discover and explore it in various forms. Thus, one understands that both the Plastic Art and children’s illustrations are beholders of these resources, technics, materials and colours. The curiosity that emerged the whole intervention was a question raised by a child about “Who makes the images in the books?”. Affiliating the illustrations of children’s books with the Plastic Art, this pedagogical/ curricular project, allowed the building of dynamics and working methodology where the child is an active subject on his/her own learning process. Therefore, the intentions of children about what they want to learn, what they want to do and discover, have aroused proposals and learning experiences which gave coherence and consistency to the whole project. The main final considerations of this work of investigation and intervention makes one reflect on the relationship between the development of multiple languages and the curricular integration both in the pedagogical action in pre-school education and nursery.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Educação Pré-Escolar
URIhttps://hdl.handle.net/1822/38401
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RELATÓRIO de Isabel Pereira.pdf3,4 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID