Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/34654

TitleValidação de um novo dispositivo de medida do tempo de reação visual
Author(s)Vieira, Catarina da Conceição de Freitas
Advisor(s)Jorge, Jorge
Fernandes, Paulo Rodrigues
Issue date2014
Abstract(s)O tempo de reação visual é um tema que tem adquirido mais interesse de estudo, pois cada vez mais denota-se uma importância deste fator no quotidiano da população deste século, que nutre uma aliança permanente com situações onde a rapidez é fundamental como por exemplo a condução. O tempo de reação visual é o tempo que decorre entre a apresentação de um estímulo sensorial e o início da resposta motora do sujeito. Esta componente tem uma importância relevante na área desportiva, nomeadamente na velocidade para reagir à sincronia mais precisa, pois, qualquer limitação na capacidade de um atleta realizar determinada função, pode ser decisiva no seu desempenho e sucesso. Com o presente trabalho pretende-se validar um novo dispositivo que permite medir o tempo de reação visual comparando-o com outros métodos já existentes com intuito de melhorar e tornar mais versátil o meio de avaliar o tempo de reação visual neste estudo. Pretende-se ainda comparar os valores medidos entre escalões etários, género e dominância ocular e caracterizar o tempo de reação visual numa população de atletas e não-atletas. Mediu-se o tempo de reação visual a 170 sujeitos não-atletas (85 homens e 85 mulheres) com idades compreendidas entre os 9 e os 94 anos (média 34,0 ± 24,5 de anos) e 42 atletas com idades entre os 18 e 34 anos (média de 24,24 ± 3,61 anos) com o dispositivo tablet (iPad) com a aplicação informática “sportvision reaction time app” (SV-RT) comparando-o com os valores obtidos com os dispositivos SVI e COI-sportvision. O tempo de reação visual medido pelo SV-RT está correlacionado com os outros dois aparelhos de medida, assim como, se verificou que quando comparados os géneros, os homens são mais rápidos em todos os escalões etários. Quanto à idade constata-se que o tempo de reação visual diminui desde a infância até à faixa etária dos jovens e depois aumenta de valor com o envelhecimento. A dominância ocular parece não ter implicações diretas no tempo de reação visual, apesar do tempo de reação visual ser ligeiramente superior quando o sujeito realiza o teste com o olho dominante. O tempo de reação visual dos atletas é aproximadamente 10,8% melhor que o tempo de reação visual dos não-atletas. Este trabalho permitiu verificar que o SV-RT apresenta uma boa repetibilidade e uma boa correlação com os outros equipamentos, e ainda demonstra bastante competência para detetar alterações do tempo de reação visual nas diferentes faixas etárias e grupos populacionais.
Visual reaction time is a subject that has acquired more interest in studies, since there’s been an increase of the significance of this factor in the everyday of this century population, which establishes a permanent alliance with situations where speed is essential, such as driving. Visual reaction time is the time that goes from the introduction to a sensorial impulse to the beginning of the individual’s physic response. This component has a big relevance in the sports area, specifically in the velocity to react to the most precise synchrony, because any limitation in an athlete’s capacity of doing some task can be crucial to his performance and success. By the present work, we intend to validate a new device that allows a comparison between this and other methods of visual reaction time measurement, so we can improve how we measure the visual reaction time in this study. We also intend to compare the measured numbers between groups of age, genre and ocular dominance and to characterize the visual reaction time on a population of athletes and non-athletes. We measured the visual reaction time of 170 non-athletes individuals (85 men and 85 women) with ages between 9 and 94 years old (average of 34,0 ± 24,5 years) and 42 athletes with 18 to 34 years old (average of 24,24±3,61 years), with the device tablet (iPad) using the informatics application “sportvision reaction time app” (SV-RT), which was latter compared with the measurements obtained with the SVI device and the COI-sportvision device. The visual reaction time measured with the SV-RT is correlated with the other two measurement devices, and we also verified that men are faster than women in every age groups. When it comes to age, we noted that the visual reaction time decreases since childhood until the adulthood, and then it starts to increase until the old age. The ocular dominance does not seem to have direct implication on visual reaction time, although the visual reaction time is slightly higher when the subject performs the test with the dominant eye. The visual reaction time of athletes is approximately 10,8% better than the visual reaction time of non-athletes. This work allowed us to verify that the SV-RT presents a good repeatability and a good correlation with other equipment and also proves to be very competent to detect changes on the visual reaction time of the different age and population groups.
TypemasterThesis
DescriptionDissertação de mestrado em Optometria Avançada
URIhttp://hdl.handle.net/1822/34654
AccessopenAccess
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CDF - OCV - Dissertações de Mestrado/Master Thesis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Catarina da Conceição de Freitas Vieira.pdf3,85 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis