Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/29030

TitleA interação oral através de atividades lúdico-pedagógicas: dinâmicas de grupo
Author(s)Santos, Ana Cristina Cairrão Coutinho dos
Advisor(s)Pazos Justo, Carlos
Issue date23-Jul-2013
Abstract(s)O presente relatório inscreve-se no âmbito da realização do estágio profissional do Mestrado em Ensino de Inglês no 3º Ciclo do Ensino Básico e Secundário e de Espanhol nos Ensinos Básico e Secundário e pretende salientar a utilidade e atualidade das atividades lúdico-pedagógicas, não só como promotoras da interação oral numa língua estrangeira, mas também estimulantes da imaginação, criatividade e autonomia através de diferentes dinâmicas de grupo. Por este facto, acredito que as atividades lúdico-pedagógicas são uma excelente matéria-prima e, trabalhadas em ternos pedagógicos, criam momentos de partilha e aprendizagem real e significativa para os alunos. Parto da hipótese de que a promoção de atividades lúdico-pedagógicas, quer sejam planeadas pelo docente ou propostas pelo aluno, é fundamental para incentivar a interação oral em contexto de sala de aula. Contudo, estas mesmas atividades não podem ser, apenas, programadas e avaliadas num plano de eficácia linguística, mas também incluírem uma análise atitudinal do grupo. Por conseguinte, acredito que o estudo sobre as dinâmicas de grupo permite, não só, trabalhar a competência linguística e pragmática dos alunos, mas também diversas questões relacionadas com o respeito, a tolerância, a emotividade, a responsabilidade, a liderança e a autonomia, valores que promovem a verdadeira competência comunicativa e facilitam as relações interpessoais. Neste sentido, tornaram-se elementos fulcrais para traçar objetivos e delinear o plano de ação futura, a observação de dinâmicas e registo de particularidades relacionadas com a interação oral durante as aulas da professora cooperante, a realização do Questionário de Análise de Necessidades, a elaboração do Plano de Intervenção, a concretização de uma atividade diagnóstica de interação oral, que me permitiu entrar em contato direto com o grupo alvo, refletir e delinear as atividades pedagógicas da minha intervenção, em contexto de sala de aula. Também, os vários instrumentos de autorregulação da aprendizagem, tanto a mim como aos alunos, nos possibilitaram analisar e avaliar desempenhos e atitudes, identificando potencialidades e constrangimentos. Adotando uma postura investigativa e reflexiva, apoiada na literatura, tentei seguir sempre um plano de ação que me permitisse planificar, debater, agir, refletir, continuar, alterar e avaliar a evolução dos alunos ao longo do processo e a minha própria evolução enquanto professora.
The present report is part of Estágio Profissional (practicum) within the Master of English and Spanish Teaching in Basic and Secondary schools and aims to highlight the usefulness and timeliness of pedagogical-playful activities, not only as promoters of the oral interaction in a foreign language, but also stimulating the imagination, creativity and autonomy through different group dynamics. For this reason, I believe that pedagogical-playful activities are an excellent educational source, promoting moments of sharing and a real and meaningful learning process for students. I consider that the inclusion of pedagogical-playful activities, whether planned by the teacher or suggested by the student, is essential to encourage oral interaction moments in the classroom. Although, these same activities cannot be just programmed and evaluated on language proficiency level, but it also should include an analysis of the group attitudes and behaviours. Therefore, I think the study of group dynamics, not only allows us to work students’ pragmatic language skills, but also other several aspects like respect, tolerance, emotion, responsibility, leadership and autonomy, values that promote a valid communicative competence and develop interpersonal relationships. In order to outline goals and the action plan, all over the process, it became crucial, the observation and register of performances and attitudinal features in oral interaction moments during the head teacher’s classes; the elaboration of the Student Need Analysis Questionnaire; the preparation of the Intervention Plan, the implementation of a diagnostic activity, which allowed me to have a direct moment of oral interaction with the target group, to analyse and draw the activities of my pedagogical intervention in the classroom. Also, the different self-regulation instruments allowed us, the students and I, to analyse and evaluate performances and attitudes, identifying competences and difficulties. Adopting an analytical approach, supported by literature, I always tried to follow an action plan that would give me the possibility to plan, discuss, act, think, continue, modify and evaluate the students’ progress throughout the process and my own progress as a teacher.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ensino de Inglês e de Espanhol no 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário
URIhttps://hdl.handle.net/1822/29030
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Cristina Cairrão Coutinho dos Santos.pdf5,01 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID