Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/28773

TitleAn agent-based architecture for online dispute resolution services
Author(s)Carneiro, Davide Rua
Advisor(s)Novais, Paulo
Neves, José
Issue date22-Nov-2013
Abstract(s)Conflicts are a natural consequence of our daily social interactions and should be regarded as opportunities to improve some aspect, condition or flaw. In order for conflicts to have positive outcomes, not only from an economical view but also concerning the maintenance of good interpersonal-relationships, tools are needed that can explain to the parties the inner mechanisms of the conflict resolution process, its restrictions and its rules. Only well-informed parties can take good and realistic decisions and better understand the others’. In this thesis, the most important aspects in a conflict resolution process concerning the aforementioned are identified, with the objective of designing a tool that can effectively support the parties from the beginning to the end of the conflict. The resulting tool, UMCourt , has as main objective to support decisions by providing the right information in the right moment to the right stakeholders. Specifically, several problems are addressed that include the definition of a suitable agent-based architecture, the building of important knowledge and the support in the negotiation process, either by generating solutions or by analysing the behaviour of the parties. This last issue is addressed in more detail in this thesis. In fact, the most serious drawback that was identified in current conflict resolution methods is their complete disregard for contextual and subjective information about the parties: the trend has been, for many years, to focus on the objective aspects of the conflict. The main contribution of this thesis is a vision on conflict resolution that goes the other way around: asides from objective information, decisions should also be based on contextual features such as our level of stress, body language, attitudes or our conflict handling style. We rely on this information on a daily basis to communicate efficiently. It results only logical that it should be included in conflict resolution methods that rely so heavily on communication. The approach put forward relies on the analysis of the individual’s behaviour in order to infer such context information. Disputant parties and, in particular, mediators and negotiators, can better understand the state of the participants and take better decisions (e.g. make a pause, understand how a party is affected by an issue). This is particularly important when online dispute resolution methods that rely on cold and impersonal communication technologies (often constituting a barrier to efficient communication) are used.
Os conflitos são uma consequência natural das nossas interações sociais e devem ser vistos como oportunidades para melhorar determinados aspetos, condições ou mesmo falhas. Para que tenham resultados positivos, não só do ponto de vista económico mas também do ponto de vista das relações interpessoais, são necessárias ferramentas que expliquem às partes as particularidades do processo, as suas restrições e as suas regras. Apenas partes bem informadas podem tomar decisões realísticas e melhor entender as decisões dos restantes. Nesta tese, os aspetos mais importantes num processo de resolução de conflitos são identificados, com o objetivo de definir uma ferramenta que possa, efetivamente, suportar as partes do início ao fim do conflito. A ferramenta resultante, designada UMCourt , tem como principal objetivo suportar decisões fornecendo a informação certa no momento certo às entidades certas. Especificamente, vários problemas são atacados que incluem a definição de uma arquitetura de software adequada, a construção de conhecimento e o suporte à negociação, quer através da geração de soluções quer através da análise comportamental das partes. Este último tópico é tratado em mais detalhe nesta tese. De facto, a limitação mais significante que foi identificada nos atuais métodos de resolução de conflitos é a negligência da importância dos fatores contextuais e da informação subjetiva acerca das partes: a tendência tem sido no sentido de se focarem apenas nos aspetos objetivos. A principal contribuição desta tese é a de uma visão do processo de resolução de conflitos que aponta no sentido oposto: para além da informação objetiva, as decisões devem também ser baseadas em aspetos contextuais tais como o nível de stress, a linguagem corporal ou o estilo de lidar com o conflito. Enquanto indivíduos, baseamonos nestes aspetos diariamente para comunicar de forma eficiente. É portanto lógico que tal informação seja incluída em métodos de resolução de conflitos que se baseiam de forma tão clara na comunicação. A abordagem proposta baseia-se na análise comportamental de cada indivíduo para aquisiçao da informação de contexto. As partes em conflito e, em particular, os mediadores e negociadores, podem entender melhor o estado de todos os participantes e tomar melhores decisões (e.g. fazer uma pausa, perceber como uma parte é afetada por uma questão). Isto é especialmente importante quando são usados métodos de resolução de conflitos em linha baseados no uso de tecnologias de comunicação frias e impessoais, que geralmente configuram elas próprias um obstáculo à eficiência da comunicação.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em "Philosophy in Informatics"
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28773
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
DI/CCTC - Teses de Doutoramento (phd thesis)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Davide Rua Carneiro.pdf3,94 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID