Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/27847

TítuloAn evaluation of the GAMA/StarPU frameworks for heterogeneous platforms : the progressive photon mapping algorithm
Autor(es)Palhas, Miguel Branco
Orientador(es)Proença, Alberto José
Santos, Luís Paulo
Data2013
Resumo(s)Recent evolution of high performance computing moved towards heterogeneous platforms: multiple devices with different architectures, characteristics and programming models, share application workloads. To aid the programmer to efficiently explore these heterogeneous platforms several frameworks have been under development. These dynamically manage the available computing resources through workload scheduling and data distribution, dealing with the inherent difficulties of different programming models and memory accesses. Among other frameworks, these include GAMA and StarPU. The GAMA framework aims to unify the multiple execution and memory models of each different device in a computer system, into a single, hardware agnostic model. It was designed to efficiently manage resources with both regular and irregular applications, and currently only supports conventional CPU devices and CUDA-enabled accelerators. StarPU has similar goals and features with a wider user based community, but it lacks a single programming model. The main goal of this dissertation was an in-depth evaluation of a heterogeneous framework using a complex application as a case study. GAMA provided the starting vehicle for training, while StarPU was the selected framework for a thorough evaluation. The progressive photon mapping irregular algorithm was the selected case study. The evaluation goal was to assert the StarPU effectiveness with a robust irregular application, and make a high-level comparison with the still under development GAMA, to provide some guidelines for GAMA improvement. Results show that two main factors contribute to the performance of applications written with StarPU: the consideration of data transfers in the performance model, and chosen scheduler. The study also allowed some caveats to be found within the StarPU API. Although this have no effect on performance, they present a challenge for new coming developers. Both these analysis resulted in a better understanding of the framework, and a comparative analysis with GAMA could be made, pointing out the aspects where GAMA could be further improved upon.
A recente evolução da computação de alto desempenho é em direção ao uso de plataformas heterogéneas: múltiplos dispositivos com diferentes arquiteturas, características e modelos de programação, partilhando a carga computacional das aplicações. De modo a ajudar o programador a explorar eficientemente estas plataformas, várias frameworks têm sido desenvolvidas. Estas frameworks gerem os recursos computacionais disponíveis, tratando das dificuldades inerentes dos diferentes modelos de programação e acessos à memória. Entre outras frameworks, estas incluem o GAMA e o StarPU. O GAMA tem o objetivo de unificar os múltiplos modelos de execução e memória de cada dispositivo diferente num sistema computacional, transformando-os num único modelo, independente do hardware utilizado. A framework foi desenhada de forma a gerir eficientemente os recursos, tanto para aplicações regulares como irregulares, e atualmente suporta apenas CPUs convencionais e aceleradores CUDA. O StarPU tem objetivos e funcionalidades idênticos, e também uma comunidade mais alargada, mas não possui um modelo de programação único O objetivo principal desta dissertação foi uma avaliação profunda de uma framework heterogénea, usando uma aplicação complexa como caso de estudo. O GAMA serviu como ponto de partida para treino e ambientação, enquanto que o StarPU foi a framework selecionada para uma avaliação mais profunda. O algoritmo irregular de progressive photon mapping foi o caso de estudo escolhido. O objetivo da avaliação foi determinar a eficácia do StarPU com uma aplicação robusta, e fazer uma análise de alto nível com o GAMA, que ainda está em desenvolvimento, para forma a providenciar algumas sugestões para o seu melhoramento. Os resultados mostram que são dois os principais factores que contribuem para a performance de aplicação escritas com auxílio do StarPU: a avaliação dos tempos de transferência de dados no modelo de performance, e a escolha do escalonador. O estudo permitiu também avaliar algumas lacunas na API do StarPU. Embora estas não tenham efeitos visíveis na eficiencia da framework, eles tornam-se um desafio para recém-chegados ao StarPU. Ambas estas análisos resultaram numa melhor compreensão da framework, e numa análise comparativa com o GAMA, onde são apontados os possíveis aspectos que o este tem a melhorar.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Engenharia Informática
URIhttp://hdl.handle.net/1822/27847
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado
DI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
eeum_di_dissertacao_pg19808.pdf4,32 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis