Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/2560

TitleBetão autocompactável reforçado com fibras de aço: método de concepção e propriedades mecânicas
Author(s)Pereira, E. N. B.
Barros, Joaquim A. O.
Camões, Aires
KeywordsBetão autocompactável
Fibras de aço
Cinzas volantes
Fíler calcário
Issue dateMay-2004
PublisherAssociação Portuguesa das Empresas de Betão Pronto (APEB)
JournalBetão
Citation"Betão : revista da APEB". 6:12 (Maio 2004) 25-31.
Abstract(s)O betão autocompactável pode ser definido como um betão capaz de fluir quando colocado num molde, escoando por entre as armaduras, envolvendo-as e preenchendo o respectivo molde, apenas sob o efeito do seu peso próprio, dispensando o uso de equipamentos externos de vibração. Adicionando os benefícios associados à autocompactabilidade com os proporcionados pela incorporação de fibras de aço, é possível obter um material dotado de características de elevado desempenho: o betão autocompactável reforçado com fibras de aço (BACRFA). No entanto, a metodologia a implementar para quantificar a dosagem dos materiais constituintes deste tipo de betão é, forçosamente, mais complexa do que a necessária para um betão convencional, uma vez que as exigências no estado fresco são substancialmente mais restritivas, o número de componentes é mais elevado (adjuvantes e adições em maior número) e a sensibilidade de uns à presença dos outros é elevada. Neste sentido, é imperiosa a formulação de um método de composição racional que, de uma forma simples, seja sensível aos factores envolvidos e que seja eficaz na concepção de misturas com bom desempenho, tanto no estado fresco como endurecido, contemplando, se possível, aspectos relacionados com a necessária sustentabilidade económica e ambiental, reduzindo o mais possível o consumo de cimento. O presente trabalho insere-se neste contexto, descrevendo uma metodologia de composição racional, aplicável a BACRFA. A validade deste tipo de metodologia é aferida determinando experimentalmente uma composição de um BACRFA e procedendo à sua caracterização reológica e mecânica, por intermédio da avaliação do seu comportamento tanto no estado fresco como, quando endurecido, à compressão e à flexão.
Typearticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/2560
Peer-Reviewedyes
AccessopenAccess
Appears in Collections:CEC-EST - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APEB_EduardoEtAl_2004.pdf451,58 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis