Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/18423

TítuloInfluência da atividade desportiva e da atividade em visão próxima no erro refrativo
Autor(es)Carneiro, Virgínia Armanda Neto
Orientador(es)Jorge, Jorge
Data2011
Resumo(s)Objectivos: Avaliar as variações que ocorrem na retina central e periférica imediatamente após a actividade desportiva e actividade em visão próxima (leitura e videojogos). Investigar variações 30 minutos e 1 hora depois da exposição a estes fatores. Comparar alterações em míopes e não míopes. Metodologia: Participaram no estudo 26 alunos da Licenciatura em Optometria e Ciências da Visão (22 do sexo feminino), com idades compreendidas entre os 19 e 22anos (média 20,4±1,10anos). Foram considerados míopes 8 participantes, definindo miopia como M≤‐ 0,50D. Considerou‐se apenas o OD. Atividade desportiva, leitura e videojogos foram os fatores em estudo, e foram avaliados em dias diferentes, sensivelmente à mesma hora. Foi utilizado o Autorrefratómetro de Campo Aberto WAM‐5500 (Grand Seiko Co, lda, Hiroxima, Japão) para registar o erro refrativo em 9 pontos da retina (40º nasal a 40º temporal, de 10º em 10º). Para cada factor foram realizadas 4 medições: imediatamente antes da exposição (PRE), logo após 20minutos de exposição ao fator (POS1), 30minutos (POS2) e 1hora (POS3) depois da exposição. Foram considerados os componentes vetoriais do erro refrativo M, J0 e J45. Resultados: Um deslocamento hipermetrópico do componente M é verificado em toda a retina após 20 minutos de atividade desportiva. Há uma regressão do efeito na hora que sucede à exposição, que é significativa a 40ºN (p=0,014) e na retina central (p=0,015). Na retina nasal, alterações são mais evidentes. A mudança não é tão linear na leitura, e na retina nasal ocorre um deslocamento hipermetrópico, significativo a 40ºN (p=0,005), enquanto no centro e retina temporal acontece o oposto. Assimetria entre retina nasal e temporal diminui. Uma hora após, M tende a manter‐se mais hipermetropico que inicialmente. Nos videojogos, deslocamento hipermetropico em pontos de menor excentricidade (20ºN a 20ºT), que regride para valores mais miópicos que os iniciais, não diferentes significativamente. Na retina nasal, alterações são menos significativas. Comparando os resultados de cada um dos fatores observa‐se que o componente M é mais positivo após atividade desportiva. A leitura mostra um deslocamento miópico em relação aos outros 2 fatores. Uma hora depois da exposição (POS3), o componente M é mais semelhante para as três situações. J0 e J45 sofrem alterações depois da exposição aos fatores em estudo, e a resposta da retina nasal é diferente da temporal. Variações mais intuitivas em míopes para os três componentes do erro refrativo. Conclusões: A atividade desportiva provoca um deslocamento hipermetrópico do erro refrativo, enquanto na leitura ocorre o oposto. Alterações perecem ter caráter transitório. Exposição frequente poderá explicar efeito preditor dos fatores em estudo no surgimento e progressão da miopia. Necessário ampliar a amostra para fundamentar os resultados.
Aim: To evaluate the changes that occur in central and peripheral retina immediately after sports and near vision activities (reading and videogames). Investigate the changes 30minutes and 1 hour after exposure to these factors. Compare changes in myopic and non‐myopic subjects. Methods: 26 students of Optometry and Vision Sciences had participated in the study (22 female), aged between 19 and 22 years (mean 20,4±1,10 years). Eight participants were considered myopic; myopia is defining as M≤‐0,50D. We consider only right eye. Sports, reading and videogames are the factors under study and were assessed on different days, roughly at the same hour. Open Field Autorrefractor WAM‐5500 (Grand Seiko Co. Ltd, Hiroshima, Japan) was used to register the refractive error in nine points of the retina (40ºnasal to 40º temporal, 10º to 10º). For each factor were performed four measurements: immediately before exposure (PRE), after 20minutes of exposure to factor (POS1), 30 minutes (POS2) and 1hour (POS3) after exposure. Power vectors M, J0 and J45 were considered. Results: A hyperopic shift of the M component is verified across the retina after 20 minutes of sport activity. An hour after finish exposure, there is a regression, which is significant at 40N (p=0,0014) and in central retina (p=0,0015). Changes are more evident in nasal retina. Changing is not so linear after reading, and in nasal retina a hyperopic shift is observed, significant at 40N (p=0,005), while in central and temporal retina the opposite happens. Asymmetry between temporal and nasal retina decreases. One hour later, M tends to be more hyperopic than before. In videogames, a hyperopic shift is observed in points of lower eccentricity (20N to 20T), which regresses to a more myopic values than the baseline, but not significantly different. In nasal retina, changes are less significant. Compare the results from each factor, they shows that the component M is more positive (more hyperopic) after sport activity. Reading shows a myopic shift compared to the other two factors. One hour after exposure (POS3), the component M is more similar in three situations. J0 and J45 are altered after exposure to the factors under study, and the response is different from nasal and temporal retina. Changes in myopic subjects are more intuitive for three components of refractive error. Conclusions: Sports causes a hyperopic shift in refractive error, while in reading the opposite occurs. Changes might be transitional. Repeated exposure may explain the effect of predictor factors studied in the onset and progression of myopia. Expand the sample was necessary to support the results.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Optometria Avançada
URIhttp://hdl.handle.net/1822/18423
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado
CDF - OCV - Dissertações de Mestrado/Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Virgínia Carneiro_2011.pdf1,12 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis