Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/12271

TítuloRacionamento explícito dos cuidados de saúde : quem (e como) deve participar na tomada de decisões?
Autor(es)Pinho, Micaela Moreira
Botelho, Anabela
Veiga, Paula Alexandra
Palavras-chaveRacionamento
Envolvimento da população
Cuidados de saúde
Rationing
Public involvement
Heath-care
Data2010
Citação“CONGRESSO INTERNACIONAL DE SAUDE, 1, Gaia-Porto, 2010” - “Actas do 1º Congresso Internacional Gaia-Porto." [Porto : Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Instituto Politécnico do Porto, 2010]. p. 687-696.
Resumo(s)O modelo discricionário que tem dominado a tomada de decisões de priorização no sector da saúde tem vindo a ser largamente contestado. Este artigo retrata a evolução do debate em torno da adopção de um racionamento explícito, alargado À participação da sociedade. A partir de uma amostra de 442 estudantes, de diferentes cursos, procurou explorar-se a atitude das pessoas quanto a um seu envolvimento nas decisões de priorização em saúde e quanto à autoria dessas decisões. Os resultados sugerem que, não obstante, a população desejar ser consultada, nomeia os médicos responsáveis pela tomada das decisões de priorização.
TipoconferenceObject
URIhttp://hdl.handle.net/1822/12271
Arbitragem científicayes
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:NIMA - Actas de Encontros/Abstracts in Proceedings

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Actas do I Congresso Internacional da Saúde.pdfActas de Encontros/Abstracts in Proceedings1,12 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis