Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/9958

TitleA medição da competitive intelligence – CI : desafios para as organizações
Author(s)Pereira, Ana Maria
Advisor(s)Ramos, Isabel
KeywordsCompetitive intelligence – CI
medição em CI
Aprendizagem Organizacional e CI
CI measurement
CI and Organizational Learning
Issue date8-Jun-2009
Abstract(s)O presente trabalho aborda a medição da Competitive intelligence – CI nas organizações e apresenta um modelo em que considera os aspectos organizacionais e de inteligência da organização, com base na teoria de Argyris e Schön (1974, 1978). O objectivo dessa investigação foi o de verificar a medição da CI nas organizações e a construção de um modelo (com base no modelo da SCIP) para a sua medição. Com base nos indicadores existentes, propuseram-se novos indicadores que considerem os aspectos organizacionais em que assenta a inteligência da organização como um todo, capazes de produzir soluções para os problemas e desafios competitivos e desenvolver comportamentos consistentes no sentido de ultrapassar problemas e aproveitar as oportunidades de competição. Clarifica-se que a inteligência é considerada como a capacidade de aprendizagem individual e/ou colectiva da organização. O paradigma abordado foi o interpretativista, com ênfase na metodologia qualitativa. O método utilizado para o desenvolvimento desta investigação foi o Método Delphi por meio de questionário online. As técnicas utilizadas de acordo com a metodologia foram: a) a revisão de literatura, que permitiu uma base teórica para a construção do modelo; b) o questionário Delphi online, que permitiu estudar a integração e a experiência dos profissionais de CI para a validação do modelo. Como resultados dessa investigação apresentam-se: a) a criação do modelo (com base no modelo da SCIP) para medir a CI, que integra os aspectos organizacionais em que assenta a inteligência da organização de maneira holística, capaz de produzir soluções para os problemas e desafios competitivos e aproveitar as oportunidades de competição; b) a sistematização dos indicadores e a integração de novos indicadores para o modelo. Como contributos dessa investigação apresentam-se: 1) o modelo criado para a medição da CI de maneira holística, em que inclua a capacidade de aprendizagem da organização; e 2) a sistematização dos indicadores existentes na literatura e os novos indicadores propostos para a medição da CI.
This research approaches the measurement of competitive intelligence – CI in organizations and presents a model which considers the intelligence and organizational aspects of organizations, based on the Argyris and Schön theory (1974, 1978). The objective of this research was to verify CI measurement in organizations and to construct a model (based on SCIP model) for its measurement. Based on existing indicators, new indicators which consider the organizational aspects related to organization intelligence as a whole were proposed. These new indicators are able to produce solutions to problems and competitive challenges and to develop consistent behavior in order to overcome problems and take advantage of competition opportunities. Intelligence is considered in this research as the individual and/or collective learning ability in organizations. The paradigm used in this paper was interpretativist, emphasising qualitative approach. Delphi method has been used to develop this investigation through online questionnaires. The techniques used according to the methodology were: a) review of the literature about the theme which brought theoretical basis for the construction of the model; b) online Delphi questionnaire that permitted the study of the integration and the experience of CI professionals to promote the model validation. The results of this research were: a) the creation of the model (based on SCIP model) to measure the CI that integrates the organizational aspects related to the organization intelligence in a holistic way which is able to produce solutions to problems and competitive challenges and take advantage of competition opportunities; b) the systematization of indicators and the integration of new indicators to the model. The main contributions of this research were: a) the model created to measure CI in a holistic way that includes learning ability in organizations; and b) the systematization of existing indicators in literature and the new indicators proposed for CI measurement.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em Tecnologias e Sistemas de Informação
URIhttp://hdl.handle.net/1822/9958
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID