Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/8808

TitleConfiança, voluntariedade e supressão dos riscos: expectativas, incertezas e governação das aplicações forenses de informação genética
Author(s)Machado, Helena
Silva, Susana
KeywordsBase de dados
Perfis DNA
Investigação criminal
Identidade
Issue date20-Nov-2008
PublisherImprensa de Ciências Sociais
CitationIn FROIS, Catarina, org. – “A sociedade vigilante : ensaios sobre privacidade, identificação e vigilância”. Lisboa : Imprensa de Ciências Sociais, 2008. ISBN 978-972-671-228-2. p. 151-174.
Abstract(s)Neste capítulo procedemos a uma análise do projecto sócio-genético presente no texto da Lei n.º5/2008 que regula a criação e funcionamento de uma base de dados de perfis de ADN com intuitos de identificação civil e criminal em Portugal, procurando mapear algumas modalidades de representação da ciência e dos seus usos, no sentido das múltiplas identidades, tendências e potencial que o ADN pode assumir. Deste modo, delineamos algumas dimensões das actuais relações de poder e interacções presentes nas instituições e actores do sistema científico pericial forense e do sistema de Justiça e de investigação criminal no nosso país e de que modo se inter-relacionam e hierarquizam as agendas de diferentes grupos sociais.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/8808
ISBN978-972-671-228-2
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Livros e capítulo de livros / Books and book chapters
DS/CICS - Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cap6.pdf413,86 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID