Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/8172

Título(A)sexualidade(s) na gravidez : avaliação das necessidades de formação em grávidas e seus companheiros
Outro(s) título(s)Sexuality during pregnancy : education needs assessment on expecting women and their partners
Autor(es)Oliveira, Carla Susana Gomes de
Orientador(es)Martins, Carla
Data28-Mai-2008
Resumo(s)A presente investigação pretende contribuir para o estudo da sexualidade na gravidez numa perspectiva educacional. Vinte e sete mulheres grávidas e seus companheiros foram questionados acerca da sua sexualidade e de quais as necessidades de formação sentidas nesta área em particular. Os resultados empíricos revelaram que a amostra define e pratica uma sexualidade num sentido lato, a qual envolve mimos e carícias e não se cinge exclusivamente ao acto sexual. Não se encontraram diferenças em termos de conhecimentos entre os membros do casal mas os homens evidenciaram mais crenças acerca da sexualidade na gravidez do que as grávidas. Destacase deste trabalho que os casais reconhecem a importância do tema e manifestam a sua necessidade em termos de formação a este nível. Idealizam essa formação fornecida por um grupo multidisciplinar, com profissionais de ambos os sexos, periodicidade mensal ou trimestral, em casal, preferindo sessões do tipo expositivo. Realçase, ainda, a importância da inclusão do companheiro em programas de formação, pelo facto de este ser o principal interlocutor da grávida, no que toca ao tema em causa, e poder tornarse, por isso, num aliado nos cuidados e formação à mesma.
The present research aims at contributing for the knowledge about sexuality during pregnancy within an educational framework. Twenty seven pregnant women and their partners were asked about their sexuality and felt needs in terms of education on the subject. The empirical result revealed that the sample defines and practices a broad sexuality, which involves cuddling and caressing, and not only sexual intercourse. No differences were found in terms of knowledge on the subject between the two groups. However, men exhibited a higher number of beliefs about sexuality during pregnancy than their pregnant partners. Our investigation highlights the fact that couples do recognise the importance of the topic and their need for extra information on it. The desired format for education on the subject would be with monthly or quarterly expositive type sessions to the couple, taught by a multidisciplinary group of professionals from either sex. The importance of including the male partner on these programs comes from the fact that he is the person with whom the pregnant woman prefers to talk to about the topic, making him the best ally in her care and education.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de Mestrado em Educação - Área de Especialização em Educação para a Saúde
URIhttp://hdl.handle.net/1822/8172
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capas.pdf18,22 kBAdobe PDFVer/Abrir
Tese.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis