Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/7789

TitleExperiências adversas na infância e na idade adulta em sujeitos com obesidade mórbida: o que é que tem mais “peso” para a adaptação actual?
Author(s)Silva, Susana Sofia P.
Maia, Ângela
KeywordsObesidade mórbida
Adversidade
Adaptação
Psicopatologia
Issue dateJan-2008
CitationLEAL, Isabel [et al.], org. – “Congresso Nacional de Psicologia da Saúde : actas do Congresso, 7, Porto, Portugal, 2008”. [Porto : ISPA, 2008]. ISBN 978-972-8400-82-8. p. 667-670.
Abstract(s)As experiências de adversidade na infância têm sido associadas a uma maior vulnerabilidade para desenvolver psicopatologia na idade adulta e para reexperienciarem situações de adversidade. O objectivo do nosso estudo é caracterizar este tipo de experiências em sujeitos com obesidade mórbida candidatos a cirurgia bariátrica e comparar os resultados de obesos com não obesos. A nossa amostra é constituída por 75 participantes obesos e 69 não obesos que preencheram o Questionário Sócio-demográfico e História de Vida e a Escala de Avaliação da Resposta a Acontecimentos Traumáticos. Os resultados indicam que o total de experiências de adversidade na infância são mais frequentes nos obesos mórbidos havendo uma elevada comorbilidade entre experiências voltadas para os sujeitos e relacionadas com o ambiente familiar. Estas experiências são menos prevalentes nos não obesos, havendo diferenças estatisticamente significativas no: abuso emocional e físico, violência doméstica, abuso de substâncias, membro da família na prisão, doença mental, negligência física e emocional. Por outro lado, os obesos apresentam mais sintomas de perturbação de stress pós-traumátco na idade adulta do que os não obesos. Assim, podemos concluir que as experiências de adversidade são mais frequentes nos sujeitos obesos do que nos não obesos. Na idade adulta, estes sujeitos também apresentam mais sintomas de perturbação de stress pós-traumático, o que reforça a ideia de uma maior vulnerabilidade para a revitimização na idade adulta. Neste sentido parece-nos importante repensar a avaliação e intervenção em sujeitos com obesidade mórbida candidatos a cirurgia bariátrica para que este ciclo de vitimização possa ser quebrado.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/7789
ISBN978-972-8400-82-8
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Livros de atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
exp adve inf e id adulta obes susana silva&angelamaia.pdfPDF do artigo45,97 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID