Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/7778

TitleA identidade profissional dos professores do ensino particular e cooperativo
Other titlesThe professional identity of teachers in private school
Author(s)Carvalho, Maria da Graça Pereira da Costa
Advisor(s)Pacheco, José Augusto
Issue date27-Dec-2007
Abstract(s)A imagem profissional do professor, política e socialmente construída, tem-se alterado nos últimos tempos. No âmbito dos estudos realizados com professores, a crise de identidade profissional e o mal-estar docente são um problema actual que tem suscitado múltiplas investigações em diversos países. Este problema afecta muitos docentes e comporta várias implicações negativas nomeadamente sobre a qualidade de ensino, pelo que convém ser investigado na óptica de serem encontradas possíveis perspectivas ou hipóteses de intervenção, que possam contribuir para a sua prevenção e resolução, conduzindo ao bem-estar docente. A desorientação provocada pelas pressões sociais, para a assumpção de papéis cada vez mais alargados e complexos, é susceptível de provocar nos profissionais uma crise de identidade. Restringimos o âmbito da análise para dar prioridade aos professores do Ensino Particular e Cooperativo. Os resultados do estudo evidenciam que um grupo de docentes, atribuem muita importância à docência e revelam não ser uma profissão escolhida a contragosto, mediante hesitações ou desagrado, embora considerem a actividade docente nos moldes actuais, diferente da que decorria no passado, desprovida do prestígio que já lhe fora concedido. No entanto consideram a existência de determinados momentos na vida dos professores que correspondem aos “melhores anos” da actividade docente. Os elementos inquiridos sugerem o reconhecimento contínuo do seu trabalho docente extra-escolar, a disponibilidade e dedicação à Escola, evidenciadas em actividades e projectos que a dignificam. Deste estudo emana que os normativos que regulam a organização e a distribuição do horário semanal docente não estão ajustados à realidade organizativa. A grande maioria dos elementos respondentes, reconhece estar desmotivado para efectuar trabalho não lectivo embora defenda que desempenha as actividades com profissionalismo. Também se infere o factor que pode exercer um papel mais preponderante na minimização ou eliminação da crise identitária dos docentes - a frequência em cursos de pós-graduação, destinados a aumentar as competências dos profissionais. O factor que consideram como mais susceptível de intensificar a sua crise de identidade é a sobrecarga lectiva seguida da falta de formação contínua. Numa época que tanto se pugna pela qualidade, os professores estão sobrecarregados, o seu desempenho é inferior ao desejado. Ensinar é uma profissão exigente a nível de energia física e emocional.
In the last few years, the professional image of a teacher has been politically and socially changing. According to some surveys, the professional identity crisis and the uncomfortableness felt by teachers are a real problem that has been worth a deep analysis in several countries. These problems affect many teachers and may lead to a lower standard of quality teaching. To prevent the situation from getting further, a deep analysis of the problem and how it could be solved must be carried out in order to bring the comfort back to teachers. The uncertainty caused by social pressures and the demand for each time more complex and comprehensive tasks may be the cause of this identity crisis. We focus on the private sector. As the results show, a group of teachers in private schools give much importance to their job and say that it wasn’t a choice against their will, even considering some possible hesitation or dissatisfaction. But they also think that the job has no longer the same prestige compared to what it once had. However they consider some of their best moments in life as in the teaching career. The respondents also suggest that the activities and projects, as well as their availability, as a continuous recognition of their job outside school. The survey also reveals that corporative rules and their timetables are a misfit reality. Most of the respondents also confess not to be motivated for extra-curricular work though they say professionally done The attendance of post-graduation courses in order to develop their professional skills was also referred as a very important factor to minimize or even eradicate the teachers’ identity crisis. However, one of the factors they point out as intensifying their identity crisis is the overload of work followed by the lack of continuous formation. When quality is the urge, teachers are overloaded with work and, as a result, their work is way below to what it is expected. Teaching is a physical and emotional demand.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de Mestrado em Educação - Área de Especialização em Desenvolvimento Curricular.
URIhttp://hdl.handle.net/1822/7778
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIEd - Dissertações de Mestrado em Educação / MSc Dissertations in Education

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese de Maria Carvalho.pdf
  Restricted access
469,64 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID