Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/7233

TitleA actividade física das crianças e a condição física relacionada com a saúde: um estudo de caso em Portugal
Author(s)Wang, G. Y.
Pereira, Beatriz Oliveira
Mota, Jorge
KeywordsActividade física
Crianças
Sáude
Condição física
Issue date2006
PublisherLidel - Edições Técnicas
CitationPEREIRA, Beatriz Oliveira ; CARVALHO, Graça Simões de, coord. – “Educação física, saúde e lazer : a infância e estilos de vida saudáveis”. Lisboa : Lidel, 2006. ISBN 972-757-423-8. p. 141-149.
Abstract(s)A actividade física regular está associada a uma vida mais longa e saudável, com menor risco de doenças cardíacas, hipertensão, diabetes, obesidade e alguns tipos de cancro, segundo o relatório Surgeon General (USDHHS, 1996). No entanto, com o desenvolvimento da sociedade actual e as mudanças nos estilos de vida, os níveis de actividade física da população estão em acentuado declínio (Armstrong, 1998). Os objectivos deste estudo consistem em conhecer a situação actual e a relação entre de actividade físicas e a condição física relacionada com a saúde entre a população escolar portuguesa. Foi construída aleatoriamente uma amostra de 131 rapazes e 133 raparigas com idades entre os 10 e os 15 anos de quatro escolas públicas em quatro regiões de Portugal. Para estudar a condição física relacionada com a saúde e a actividade física foram utilizados o Fitnessgram e um questionário. O nosso estudo confirma a preocupação existente sobre o futuro das crianças. Os resultados mostram que a maior parte das crianças não atinge os valores mínimos de condição física aceitável do Fitnessgram. Cerca de um quarto das crianças é gorda e 7% são obesas. Menos de metade das crianças desenvolve uma actividade física regular moderada a intensa. Um quinto não faz exercício no seu tempo de lazer. O nosso estudo também confirma que as crianças participam regularmente em actividades físicas moderadas a intensas apresentam uma melhor condição física relacionada com a saúde. De acordo com o nosso estudo, a saúde das crianças está em risco. Promover estilos de vida mais saudáveis e aumentar os níveis de actividade física regular das crianças são tarefas urgentes da educação escolar.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/7233
ISBN972-757-423-8
AccessOpen access
Appears in Collections:DEAEF - Livros e Capítulos de Livros


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID