Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/6773

TítuloA relação entre a técnica e a organização: a emergência da sociologia do actor-rede
Autor(es)Neves, José Pinheiro
Palavras-chaveSociologia da técnica
Sociologia do actor-rede
Sociologia das Organizações
Bruno Latour
Híbridos
Abordagem sócio-técnica
Data2007
EditoraAssociação Portuguesa de Profissionais em Sociologia Industrial das Organizações e do Trabalho (APSIOT)
CitaçãoENCONTRO NACIONAL DE SIOT, 12, Lisboa, Portugal, 2007 – “Cidadania e empregabilidade : as novas paisagens socioprofissionais” Lisboa : APSIOT, 2007. ISBN 978-989-95465-0-9. p. 725-736.
Resumo(s)Uma intuição forte organiza esta comunicação: há algo de incompleto na forma como o problema da técnica foi estudado na sociologia das organizações e do trabalho. Por isso, novas formas de ver esta questão começaram a emergir em diversos autores da sociologia, nomeadamente na recente sociologia das organizações com modelos cada vez mais abertos e complexos. Nos anos 90, esta opção acentuou-se nos estudos da “Ciência, Tecnologia e Sociedade” acabando por colocar em causa a dicotomia técnico/social. Na verdade, a crítica ao determinismo tecnológico e à reacção construtivista social deu lugar a uma noção de hibridez na relação entre humanos e objectos técnicos. Nesta linha de pensamento, insere-se o trabalho da sociologia do actor-rede que iremos analisar com algum detalhe.
TipoconferencePaper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/6773
ISBN978-989-95465-0-9
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CECS - Atas em congressos/seminários
DS/CICS - Actas/Proceedings

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
JPNevesENSIOT2007.pdf425,6 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis