Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/64885

TitleSer mulher num bairro social: aspectos dos trajetos e cotidiano feminino nas Andorinhas (Braga)
Other titlesBeing a woman in a social neighborhood: aspects of the routes and female daily life in Andorinhas (Braga)
Author(s)Silva, Joana Teixeira Ferraz
Advisor(s)Ribeiro, Fernando Bessa
KeywordsBraga
Desigualdades sociais
Mulheres
Políticas sociais
Social inequalities
Women
Social policies
Issue date2019
Abstract(s)Esta tese versa sobre questões de gênero em articulação com algumas dimensões da discussão em torno da habitação social, tendo como contexto de análise o bairro social das Andorinhas, localizado no concelho de Braga, norte de Portugal. Concluído em 1983, este empreendimento surge num contexto marcado pelo desenvolvimento de políticas de habitação por parte do Estado, com destaque para a construção de fogos de cariz social, ante o acentuado crescimento populacional urbano iniciado a partir da década de 70 e novas dinâmicas sociais decorrentes do processo de democratização do país. Tratou-se, pois, de garantir moradia àqueles que não apresentavam condições econômicas para a sua aquisição ou arrendamento no mercado habitacional convencional. Assume-se como questão norteadora deste trabalho a situação social das mulheres que habitam aquele mesmo bairro, em especial no que se relaciona com as desigualdades de gênero vivenciadas no cotidiano. Tendo isto em mente, podemos perceber como as desigualdades sociais são sentidas mais intensamente pelas mulheres, sobretudo pela dupla subalternização – pública e privada – a que culturalmente foram conduzidas. Assim, evidenciam-se alguns processos de enfrentamento criados pelas mesmas, que podemos definir enquanto expressões de oposição e mesmo de resistência, com destaque para aspectos políticos, sociais, familiares, laborais, entre outros. Para além do recurso a fontes primárias e bibliográficas, foram explorados dados obtidos por via de entrevistas e de inquéritos por questionário e com recurso a diários de campo e fotografias. Emerge destes dados a análise das categorias: experiência no sistema educacional, trajetos profissionais, participação política e estereótipos de gênero. Assumiu-se como central a reflexão sobre a interseção entre desigualdades de gênero e outras desigualdades sociais. Se nos deparamos com as questões de desigualdade e exclusão social, onde o direito à habitação vem como um dos pilares fundamentais para a redução da vulnerabilidade, evidencia-se, contudo, a necessidade de inclusão de outros direitos básicos. Os resultados permitem-nos observar os reflexos dos avanços em termos legislativos, sócio históricos e culturais em Portugal, ressaltando, porém, a permanência de relações sociais ainda permeadas pela dominação masculina, sendo evidente a subalternização das mulheres, traduzidas nas suas percepções e práticas cotidianas.
This thesis deals with gender issues in articulation with some dimensions of the discussion about social housing, having as context of analysis the social neighborhood of Andorinhas, located in Braga, northern Portugal. Concluded in 1983, this venture comes in a context marked by the development of housing policies by the State, with emphasis on the construction of social fires, given the sharp urban population growth that began in the 1970s and new social dynamics arising of the democratization process of the country. It was therefore a matter of guaranteeing housing to those who did not have the economic conditions to acquire or rent it in the conventional housing market. It is assumed as guiding question of this work the social situation of women who live in the same neighborhood, especially in relation to the gender inequalities experienced in daily life. With this in mind, we can see how social inequalities are most intensely felt by women, especially the double subalternization - public and private - to which they have been culturally driven. Thus, there are some coping processes created by them, which we can define as expressions of opposition and even resistance, highlighting political, social, family, labor, among others. In addition to the use of primary and bibliographic sources, data obtained through interviews and questionnaires and using field diaries and photographs were explored. From these data emerges the analysis of the categories: experience in the educational system, career paths, political participation and gender stereotypes. Reflection on the intersection between gender inequalities and other social inequalities was central. If we face the issues of inequality and social exclusion, where the right to housing comes as one of the fundamental pillars for reducing vulnerability, however, the need to include other basic rights is evident. The results allow us to observe the reflexes of the legislative, socio-historical and cultural advances in Portugal, emphasizing, however, the permanence of social relations still permeated by male domination, being evident the subordination of women, translated into their daily perceptions and practices.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Sociologia (área de especialização em Políticas Sociais)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/64885
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CICS-UMINHO - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations
DS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3_Dissertacao_PG34100_JoanaSilva.pdf3,18 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID