Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/64003

TitleTécnicas não convencionais no trompete e a sua incidência no repertório português dos últimos quarenta anos
Author(s)Faria, Vasco Silva de
Andrikopoulos, Dimitris
Martingo, Ângelo Miguel Quaresma Gomes
Editor(s)Martingo, Ângelo Miguel Quaresma Gomes
Telles, A.
Issue date2020
PublisherHúmus
CitationFaria, V., Andrikopoulos, D., & Martingo, A. (2019). Técnicas não convencionais no trompete e a sua incidência no repertório português dos últimos quarenta anos. In Martingo, A. & Telles, A. (Eds.), Musica instrumentalis: experimentação e técnicas não convencionais nos séculos XX e XXI (pp. 103-109). V. N. Famalicão: Húmus.
Abstract(s)Presentes com particular ênfase desde a década de 1940 (Tribuzi, 1992: 3), a experimentação e inovação na escrita para trompete ganham particular relevo no repertório deste instrumento a partir da década de 1970, incluindo Cherry (2009: 311) entre as designadas técnicas não convencionais (extended techniques) os multifónicos, as vocalizações, o flatterzunge, 1 o glissando, 2 os trilos labiais, os trémulos e posições auxiliares, as surdinas,3 a remoção de bombas e as notas pedais. Hickman (2006) refere também a respiração circular e enumera os vários tipos de surdina, enquanto Sherman (1979) inclui, entre as técnicas, a utilização do vibrato de forma não convencional (Faria, 2018: 38). Tribuzi (1992: 4) classifica as técnicas não convencionais em duas categorias, consoante sejam executadas com os lábios ou apenas com a coluna de ar. Já Ghahremani (2016: 12)sugere uma classificação em cinco categorias, a saber, técnicas labiais, técnicas de articulação, vocalizações, multifónicos, e técnicas de bombas e pistões.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/64003
AccessOpen access
Appears in Collections:CEHUM - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VF_DA_AM_TécnicasNãoConvencionais.pdf249,87 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID