Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/63802

TitleEstava nu e vestiste-me: indumentária, pobreza e poder nas santas casas portuguesas a partir do caso da misericórdia de Braga (1650-1750)
Other titlesI was naked and you dressed me: power, poverty and clothing on the Portuguese Santas Casas from the case of Misericórdia de Braga (1650- 1750)
Author(s)Ferreira, Luís Daniel Gonçalves
Advisor(s)Araújo, Maria Marta Lobo de
KeywordsIndumentária
Misericórdias
Pobreza e poder
Vestir os nus
Clothe the naked
Clothing
Poverty and power
Issue date2019
Abstract(s)As santas casas da misericórdia, enquanto confrarias laicas de imediata proteção régia, desempenharam importantes funções de natureza assistencial na sociedade da Idade Moderna. Por força do seu compromisso e por inspiração no exemplo de Jesus Cristo, as santas casas praticavam as obras de misericórdia. A terceira obra corporal – “vestir os nus” – implicava que aquelas instituições transferissem para os pobres, a título de esmola, elementos de indumentária, nomeadamente tecidos, peças manufaturadas ou dinheiro. Indumentária é o conceito que prescreve o conjunto de objetos que vestem e adornam o corpo, a partir da sua estrutura biológica, no sentido de construir uma aparência, cujos significados são compreendidos socialmente. Esse conjunto de signos impõe considerações de poder e hierarquia, mas também apreciações sobre o género, a moralidade, noção de inclusão e/ou exclusão de grupo. Os elementos de indumentária são, por isso, recursos de distinção. A presente dissertação problematiza o conjunto de transferências entre os ricos (irmãos das Santas Casas) e os pobres (recebedores de esmola ou salário em indumentária) a partir do conjunto de despesas e decisões políticas institucionais na misericórdia de Braga. A partir de metodologias qualitativas, analisamos um conjunto alargado de fontes contabilísticas (livros de despesa) e acórdãos de mesa, no sentido de compreendermos as práticas consignantes a elementos de indumentária, que se estabelecem entre o decisor da esmola e o seu recebedor. Empreendemos a análise sobre a dimensão objetiva dessas transferências, problematizando e categorizando as tipologias de indumentária, os têxteis e o conjunto dos aspetos económicos, políticos, culturais e simbólicos na sua órbita. Pretendemos contribuir para a discussão em redor das relações entre a pobreza, os pobres, as institucionais que gerem e praticam assistência, no intuito de promover uma aproximação à dimensão material e social da aparência do pobre durante a Idade Moderna.
Santas Casas da Misericórdia, as secular brotherhoods under immediate royal protection, carried out important functions of welfare nature on the Early Modern society. Through their commitment and through inspiration on the example set by Jesus Christ, Misericórdias practised works of mercy. The third work of corporal mercy – “to clothe the naked” – implied that those institutions transferred to the poor, as alms, elements of clothing, meaning: fabrics, manufactured garments or money. Clothing is the concept that prescribes the set of objects which clothe and adorn the body, from its biological structure, to construct a look, whose senses are socially understood. That collection of signs imposes considerations of power and hierarchy, but also appreciations about the gender, the virtue, the sense of belonging and/or of exclusion from a group. The elements of clothing are, for this reason, resources of distinction. This dissertation problematizes the set of transferences between the rich (brothers of Santas Casas) and the poor (receivers of alms or salary in clothing) from the range of expenses and institutional political decisions. From qualitative methodologies, we analyse a wide range of expenditure sources (expense books) and minutes of meetings, to understand the practises related to elements of clothing, established between the decider of the alms and its receiver. We undertake analysis on the objective dimension of those transferences, problematizing and categorizing the typologies of clothing, the textiles and the set of economic, political, cultural and symbolic aspects on its orbit. We want to contribute to the discussion about the relations between poverty, the poor, the institutions which manage and practise assistance, to promote an approximation to the material and social dimension of the figure of the poor during the Early Modern Age.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em História
URIhttp://hdl.handle.net/1822/63802
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
DH - Dissertações de Mestrado/Master Thesis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luís+Daniel+Gonçalves+Ferreira_versao+final.pdf15,29 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID