Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/62896

TitleTrajetórias de futuras professoras de infância em suas vivências no contexto da educação inclusiva
Author(s)Freitas, Ana Paula de
Sarmento, Teresa
KeywordsAprendizagem profissional
Educação inclusiva
Experiência
Narrativas biográficas
Issue date2019
PublisherUA Editora
Abstract(s)O estudo aborda o tema da formação de professores como campo de produção de conhecimento científico e profissional. Especificamente, focaliza a formação docente inicial para lidar com crianças com necessidades educacionais especiais, no cenário da inclusão escolar. Na esteira das políticas inclusivas, municípios brasileiros têm contratado, em caráter de estágio extracurricular, graduandos de Pedagogia para o apoio dessas crianças nas escolas comuns. O presente trabalho expõe essa situação e visa analisar, por meio de narrativas biográficas, como as experiências vivenciadas no estágio extracurricular refletem nos sentidos que alunas de Pedagogia atribuem às práticas vivenciadas no quotidiano escolar em relação a essas crianças. A pesquisa ocorreu no âmbito de um grupo de estudos constituído por seis alunas que realizavam o mencionado estágio e a professora-pesquisadora. O movimento do grupo consistiu em encontros quinzenais, com duração de 90 minutos, nos quais as alunas narravam suas experiências no estágio e produziam narrativas escritas sobre essas vivências, que foram compartilhadas no grupo. Para os registros utilizou-se a audiogravação, com posterior transcrição. Em consonância com Livro de Atas do IV Seminário Luso-Brasileiro de Educação de Infância & I Congresso Luso-Afro-Brasileiro Infâncias e Educação 738 o método biográfico, o procedimento analítico buscou interpretar os sentidos que a experiência produziu nas alunas. Em termos gerais, podemos dizer que, inicialmente, notou-se sentimentos de ansiedade e angústia das estagiárias frente às possibilidades de aprendizagem das crianças com deficiência que acompanhavam; com o passar dos encontros, os dados desvelaram transformações nos modos das alunas compreenderem essas crianças. As narrativas permitiram às futuras professoras de infância refletirem sobre suas vivências e, a partir dessas reflexões, segundo o que foi expresso pelas mesmas, estas jovens apropriaram-se de conhecimentos que antes não tinham, bem como manifestaram ter havido transformações na maneira de compreenderem as potencialidades de crianças com deficiência no processo de escolarização. Releva-se, assim, o papel dos contextos formativos a fim de promover práticas educativas de qualidade para as crianças.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/62896
ISBN978-972-789-622-6
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Trajetórias de futuras professoras de infância em.pdf215,5 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID