Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/62788

TitleSexualidade: do risco ao perigo na criança e adolescentes, um olhar retrospetivo de vítimas em Portugal
Other titlesSexuality: from risk to danger in children and adolescents, a retrospective view of victims in Portugal
Author(s)Antão, Celeste
Anes, Eugénia
Brás, Manuel
Anastácio, Zélia
KeywordsCriança
Adolescente
Violência sexual
Risco
Perigo
Children
Teens
Sexual violence
Risk
Danger
Issue dateMay-2019
PublisherAsociación Nacional de Psicología Evolutiva y Educativa de la Infancia, Adolescencia y Mayores (INFAD)
JournalInternational Journal of Developmental and Educational Psychology. Revista INFAD de Psicologia
CitationAntão, C., Anes, E., Brás, M. & Caçador Anastácio, Z. (2019). Sexualidade: do risco ao perigo na criança e adolescentes, um olhar retrospetivo de vítimas em Portugal. International Journal of Developmental and Educational Psychology. INFAD Revista de Psicología, N.º1, Vol. 1, 2019. ISSN: 0214-9877. Pp. 263-268.
Abstract(s)A violência sexual contra crianças e jovens tem sido identificada como um problema de saúde pública. O abuso sexual é um crime de difícil notificação, sendo frequentemente subdimensionado. As vítimas dispostas a relatar os pormenores da situação abusiva são ainda muito escassas (Cardoso & Caniço, 2015). Apenas uma sociedade informada estará apta para reconhecer e denunciar situações abusivas, bem como para as prevenir, controlando os fatores de risco. Objetivo: Identificar e analisar os casos de violência sexual em crianças e adolescentes em Portugal nos últimos cinco anos. Metodologia: Trata-se de um estudo retrospetivo, desenvolvido com base em dados de violência sexual em Portugal em crianças e adolescentes, reportados e registados, entre 20014 e 2019, nos relatórios da APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima) e DGS (Direção Geral de Saúde). Resultados: Nos últimos cinco anos assistiu-se a um aumento significativo de crimes por abuso sexual (com exceção do ano de 2015), verificando-se 106 casos em 2014 e 348 em 2018, valor este que é mais do triplo de casos do período anterior. Conclusão: Face ao crescente número de casos registados de crimes por abuso sexual, é urgente a intervenção para controlar ou erradicar este problema. Investindo na saúde e no desenvolvimento harmonioso das crianças e jovens, estamos a criar pontes para um futuro saudável.
Sexual violence against children and young people has been identified as a public healthproblem. Sexual abuse is a crime of difficult notification, often underestimated. The victims willingto report the details of the abusive situation are still very scarce (Cardoso & Caniço, 2015). Only aninformed society will be able to recognize and report abusive situations as well as to prevent themby controlling risk factors. Goal: Identify and analyze cases of sexual violence in children and ado-lescents in Portugal in the last five years. Methodology: This is a retrospective study, based on dataon sexual violence in Portugal in children and adolescents, reported and recorded between 20014and 2019, in the APAV and DGS reports. Results: In the last five years, there has been a significantincrease in crimes of sexual abuse (with the exception of 2015), with 106 cases in 2014 and 348 in2018, which is more than three times the number of cases in the previous period. Conclusion: Inview of the increasing number of registered cases of crimes of sexual abuse, intervention is urgent-ly needed to control or radiate this problem. By investing in the health and harmonious developmentof children and young people, we are building bridges to a healthy future
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/62788
DOI10.17060/ijodaep.2019.n1.v1.1420
ISSN0214-9877
Publisher versionhttp://infad.eu/RevistaINFAD/OJS/index.php/IJODAEP/article/view/1420/1204
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SexualidadeRiscoPerigoCriançasAdolescentes_AntaoAnesBrás&Anastacio.pdf107,61 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID