Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/62398

TitleSleep procrastination: an exploratory study with high school students
Other titlesProcrastinação no sono: um estudo exploratório com alunos do ensino secundário
Author(s)Cruz, Vânia Cristina da Silva Ralha Mendes
Advisor(s)Rosário, Pedro
Magalhães, Paula
KeywordsBedtime procrastination
Health
Sleep insufficiency
Psychology
While-in-bed procrastination
Insuficiência de sono
Procrastinação no deitar
Procrastinação no sono
Psicologia
Saúde
Issue date2019
Abstract(s)Sleep insufficiency affects our physical and psychological health. Not only adults suffer the consequences of sleep deprivation, adolescents too are affected by this condition. Many factors contribute to sleep insufficiency, but one possible contributor may be of a motivational nature, namely procrastination. So far, sleep procrastination literature has focused on behaviors individuals engage in before going to bed (bedtime procrastination), but not on the behaviors individuals engage in after going to bed (while-in-bed procrastination). The main goal of this study is to explore whether this while-in-bed procrastination is a novel phenomenon that adds to the bedtime procrastination. The study was conducted online with high school students and comprised a self-report questionnaire with sociodemographic questions, Bedtime Procrastination Scale, While-in-bed Procrastination Scale, and contextual variables (related to sleep descriptives, routine related, and family related. Bedtime Procrastination and While-in-bed Procrastination conveys a low correlation degree. Several ANOVAs were conducted to analyze differences in Bedtime and While-in-bed Procrastination; these analyses showed distinct results. Findings indicate that solely assessing Bedtime Procrastination as representing the procrastination of Sleep is limited. This study adds a new perspective to the literature by stressing the role of While-in-bed Procrastination, thus opening new research pathways.
A insuficiência do sono afeta a nossa saúde física e psicológica. Muitos fatores contribuem para a insuficiência do sono, mas um possível contribuinte pode ser de natureza motivacional, a procrastinação. A literatura sobre procrastinação do sono tem--se concentrado nos comportamentos que as pessoas praticam antes de ir para a cama (procrastinação na hora-de-dormir), excluindo comportamentos que as pessoas praticam quando estão na cama (procrastinação na cama). O principal objetivo deste estudo é explorar se esta procrastinação na cama é um fenómeno novo que se acrescenta ao processo de procrastinação na hora-de-dormir. O estudo foi realizado online com estudantes do ensino secundário incluindo um questionário de autorrelato com questões sociodemográficas, Escala de Procrastinação na Hora de Dormir, Escala de Procrastinação na Cama e variáveis contextuais (descritivas do sono, rotina e contexto familiar). A procrastinação na hora-de-dormir e a procrastinação na cama transmitem baixo nível de correlação. ANOVAs entre variáveis contextuais com os dois tipos de procrastinação no sono demonstraram que estas se relacionam de forma diferente. Estes resultados sugerem que avaliar a procrastinação do sono apenas como um comportamento de procrastinação antes de ir para a cama não é suficiente, adicionando uma nova perspetiva à literatura.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/62398
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Vânia_Sleep+Procrastination-+final.pdf1,81 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID