Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/6232

TitleExperiências adversas e funcionamento actual: um estudo com jovens portugueses
Author(s)Maia, Ângela
Guimarães, Cármen
Magalhães, Eunice
Capitão, Liliana
Campos, Márcia
Capela, Susana
KeywordsAdversidade
Psicopatologia
PTSD
Trauma
Issue date2006
PublisherAssociação Portuguesa de Psicologia
CitationSIMPÓSIO NACIONAL DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA, 6, ÉVORA, PORTUGAL, 2006 – “Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia”. [Lisboa : Associação Portuguesa de Psicologia, 2006]. p. 54-73.
Abstract(s)A adversidade vivida na infância tem provado ser um dos factores de risco importantes para o desenvolvimento de psicopatologia na idade adulta. Do mesmo modo, a investigação tem mostrado a relação entre as adversidades vividas na idade adulta e os sintomas e problemas actuais. A literatura sugere igualmente que a adaptação e sucesso escolar podem ser afectados pelas experiências adversas. Neste trabalho apresentamos os resultados de um estudo sobre o impacto de experiências de vida potencialmente traumáticas (vividas quer na infância, quer na idade adulta) no funcionamento de jovens portugueses, avaliando a sua satisfação com a vida, os sintomas de dissociação e os sintomas de perturbação de stress pós-traumático. Foram avaliados 98 estudantes universitários e 102 jovens não universitários, relativamente a práticas e comportamentos de saúde, exposição a situações potencialmente traumáticas (LAV e ETQ), sintomas de dissociação peri-traumática (QDP) e sintomas de perturbação de stress pós-traumático (EARAT). Foi ainda utilizado um item para avaliação de satisfação com a vida. Os resultados descrevem a prevalência da exposição adversa e de sintomas de psicopatologia comparando os grupos de sujeitos em função da sua escolaridade, bem como as relações existentes entre experiências de vida e as variáveis consideradas. Os dados indicam que existe uma relação entre adversidade vivida e problemas actuais. Estes resultados são discutidos à luz dos modelos teóricos que explicam a forma como as experiências adversas podem influenciar a saúde física e psicológica actual.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/6232
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Livros de atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Actas Évora Volume XII p.54 a 73.pdfartigo publicado em actas247,47 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID