Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/61970

TitleThe blueness of oranges: reoresentations of mental illness in theatre
Other titlesThe blueness of oranges: representações de doenças mentais no teatro
Author(s)Rosário, Cláudia Sofia Rocha
Advisor(s)Rayner, Francesca
KeywordsMental health
Performance studies
Stigma
Mental illness
Theatre
Saúde mental
Estudos performativos
Estigma
Doenças mentais
Teatro
Issue date2019
Abstract(s)Over the centuries many theories on the origins of mental illnesses have been explored by humankind. An explanation for the happening of certain mental states is a necessity for human beings to either prevent them or to learn how to cope with them. A clear timeline has been progressively built with all the conceptualizations and patterns researched regarding the topic of the origins and potential causes of mental illnesses, being that the 20th century proved to be one of the most fruitful times in the advances of psychiatry. This spread of scientific information served as a catalyst for a more well-informed society and to a greater variety of artistic expressions. This thesis will focus on the representations found in theatrical performance, not choosing to follow a specific biased argument or viewed. The singular representations of mental illness in the theatre will allow a better understanding of the way such illnesses may have been regarded in popular culture throughout the ages, through a contextualized view. Social issues, such as the birth of stigmas and other social conventions will be thoroughly explained through the analysis of three case study plays, in order to offer a more expansive view of the concept of mental health. These case studies will be analyzed in sections with the aid of scientific sources to establish specific characteristics, and will be explored for their similarities and differences. The thesis will conclude with some final thoughts on the importance of theatre as an art form in the representation of mental health.
Durante séculos, a raça humana tem explorado variadas teorias ligadas às origens de doenças mentais. Uma explicação para a origem de certas condições aparenta ser uma necessidade para que a humanidade consiga tanto prevê-las como a aprender a reagir à sua presença. Uma cronologia tem vindo a ser construída com todos os conceitos e padrões investigados em relação ao tópico das origens e potenciais causas de doenças mentais, sendo que o século 20 provou ser um dos períodos mais fortuitos com o enorme avanço da psiquiatria. Este avanço no campo científico funcionou como catalisador para a criação de uma sociedade mais bem-informada e de uma maior variedade de expressões artísticas. Esta tese irá focar-se nas representações de doenças mentais na performance teatral, escolhendo não seguir um argumento ou visão específica. As representações de doenças mentais no teatro irão permitir um maior conhecimento sobre as variadas maneiras em que determinadas doenças foram classificadas na cultura popular ao longo do tempo, através de uma visão contextual. Questões sociais, tais como o nascimento de estigmas e outras convenções sociais serão também explicados através da análise de três peças que funcionarão como casos de estudo, de maneira a oferecer ao leitor uma visão mais expansiva de saúde mental. Estes casos de estudo serão analisados em secções distintas com o apoio de textos de natureza científica, de modo a estabelecer certos componentes, e serão considerados pelas suas semelhanças e as suas diferenças. Esta tese será concluída com algumas considerações finais sobre a importância do teatro como uma forma de arte na representação de saúde mental.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Língua, Literatura e Cultura Inglesas
URIhttp://hdl.handle.net/1822/61970
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
the+blueness+of+oranges_representations+of+mental+health+in+theatre-FINAL.pdf661,17 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID