Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/6174

TítuloO contributo da imagem na construção do imaginário : análise da influência da visualização de imagens na representação gráfica e verbal do conceito de monstro
Autor(es)Soares, Claúdia Maria da Cunha
Orientador(es)Chaves, José Henrique
Data6-Abr-2006
Resumo(s)O presente estudo visa fundamentalmente equacionar que tipo de influência exerce na construção do imaginário do indivíduo uma metodologia pela imagem que contemple a visualização de imagens diversificadas com qualidade estética em contexto da sala de aula e, observar, em que medida, esse imaginário se manifesta através das representações gráfica e verbal de cada sujeito. A fundamentação teórica debruça-se sobre temas relacionados com o órgão da visão; com a relação percepção visual/cognição; com o conceito, a leitura e a interpretação da imagem; com a aquisição de perceptos e com a construção das imagens mentais; com a imaginação e com a criatividade, para terminar, faz-se ainda uma alusão breve ao percurso evolutivo do conceito de monstro ao longo do tempo. Como metodologia de investigação utiliza-se uma metodologia qualitativa, típica do estudo de caso, complementada com um estudo pré-experimental. No seu desenho formulam-se quatro hipóteses, duas relativamente à manifestação do imaginário através das representações gráficas de cada sujeito participante e, as restantes, em relação às representações verbais sobre as imagens por eles concebidas. Definem-se, também, conceitos como imaginário, diversidade e qualidade de uma imagem, representação gráfica e verbal, criatividade e estereótipo. Selecciona-se como critério a temática do monstro e estabelecem-se os indicadores necessários para a avaliar através das dimensões de cada conceito. A componente experimental do estudo utiliza como amostra oitenta e um sujeitos que frequentam o 5.º ano, do 2.º Ciclo do Ensino Básico, na instituição educativa onde lecciona a sua autora. Privilegia-se uma recolha de dados, baseada na análise documental dos registos produzidos pelos sujeitos durante as cinco etapas que integram este estudo que se concretiza através do preenchimento de grelhas de observação, notas de campo e registos fotográficos dos trabalhos produzidos. Tenta-se fazer uma análise do conteúdo com o máximo de objectividade apesar do domínio em que se desenvolve o trabalho ser caracterizado por um elevado grau de subjectividade. As conclusões revelam que a visualização explorada e aprofundada de diversas imagens fixas ou em movimento, com qualidade estética, criam na mente do observador uma série de pensamentos e de ideias, estimulam o intercâmbio de ideologias diferentes, constituem meios propícios para a germinação e para o florescimento da imaginação e da criatividade. Verifica-se, igualmente, que as imagens visualizadas contribuem para a evolução formal, presente nos últimos desenhos, transmitida pela utilização e conjugação dos elementos da linguagem visual, pela integração de um maior número de elementos que se opõem ao real e pela conjugação de técnicas e materiais riscadores com o intuito de serem obtidos efeitos específicos. Pelos dados obtidos, concluímos, ainda, que a imagem e as actividades artísticas no domínio da expressão plástica são contributos muito importantes para o desenvolvimento de competências linguísticas e para a ampliação das potencialidades de expressão. As imagens elaboradas acerca do monstro motivam o desenvolvimento de textos poéticos, suscitam o divertimento dos sujeitos através dos jogos de palavras e sons, permitem identificar conhecimentos e ideias, enriquecendo a própria imagem, ao contextualizá-la. Após o término do estudo consideramos que explorar o imaginário através da imagem e da palavra opera um desenraizamento, obriga o abandono dos estereótipos e transporta o indivíduo para tempos e espaços diferentes que se reflectem através do sonho, da metáfora, da arte e do fantástico,ultrapassando as rotinas, os conceitos e as perspectivas habituais sobre o mundo. Deste modo, aprofundam-se simbologias, desenvolvem-se capacidades de interpretação, alteram-se conceitos e modifica-se a forma de ver e de viver a realidade.
This research has the objective to determine what kind of influence does a methodology centered on images, which contemplates the viewing of diversified pictures, with some aesthetic quality, in the classroom have on the imaginary of an individual and observe to what extent that imaginary is manifested through the graphic and verbal representation of each subject. The theoretical basis focuses on subjects related with the organ of sight; with the relation between visual perception/cognition; with the concept and the interpretation of the image; with the acquisition of percept and the building of mental pictures; with imagination and creativity. In the end, a brief allusion to the evolution process of the concept of the monster throughout time is also made. In this study a qualitative methodology, typical of the case study is used, complemented by a preexperimental study. All throughout it four hypotheses are formulated: two concerning the manifestation of the imaginary through graphic representation and the other two concerning the verbal representations of pictures conceived by them. Some concepts, such as the imaginary, the diversity and the quality of a picture, its graphic and verbal representation, creativity and stereotype are also used. As criteria the theme of the monster has been chosen and the necessary indicators are established to assess it according to the dimensions of each concept. The experimental component of the study uses as sample eighty-one subjects who attend the fifth grade of the second cycle of Ensino Básico at the school where the author of the study teaches. Data collection is privileged and is based on documental analysis of drawings produced by the objects during the five steps that integrate this study, which consists on the filling up of the observational grids, field notes and photographic records of the work produced. A content analysis using a maximum of objectivity is attempted even though the domain in which this study is develop is characterized by a high level of subjectivity. Conclusions reveal that a thorough examination of several pictures, either steady or in motion and with some degree of aesthetic quality, create a series of thoughts and ideas in the mind of the observer, stimulate the interchange of different ideologies, constitute fertile ground for the birth and development of imagination and creativity. It is also revealed that visualized pictures contribute to formal evolution, which is present in the last drawings and is transmitted by the use and conjugation of elements of visual language, by the integration of a greater number of elements which oppose the real and by the conjugation of techniques and scratching materials with the objective of producing specific effects. Analysing the data gathered during this study we can also conclude that the image and artistic activities concerning plastic expression are important contributes to the development of linguistic abilities. The drawings made concerning the monster motivate the writing of poetic texts, amuse the subjects by the use of word games and sounds and allow the identification of concepts and ideas, enriching the pictures themselves by contextualizing them. After finishing this study we believe that exploring the imaginary using the picture and the written word creates a rooting out, forces the abandonment of stereotypes and carries the individual to different times and places which are reflected through dreams, metaphors, art and the fantastic going beyond the routine, the concepts and the usual perspectives of the world. Thus, symbolisms are deepened, the capacity to interpret is developed, concepts are changed and the way we see and face reality is modified.
TipomasterThesis
DescriçãoMestrado em educação
URIhttp://hdl.handle.net/1822/6174
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
0_Indice.pdfIndice1,83 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!
1_Parte.pdfParte1,86 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!
2_ParteA.pdfParteA12,08 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!
2_ParteB.pdfParteB8,78 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!
2_ParteC.pdfParteC11,1 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!
3_Bibliografia.pdfBibliografia1,1 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!
4_Anexos.pdfAnexos5,5 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis