Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/61085

TitleDeterminantes da intenção de utilização de equipamentos eletrónicos de monitorização de indicadores de saúde: um estudo aplicado
Other titlesDeterminants of the intention of using electronic health monitoring equipment: an applied study
Author(s)Teixeira, Sara Martins
Advisor(s)Silva, Joaquim
Escadas, Marco
KeywordsCuidados de saúde
Equipamentos eletrónicos
Envelhecimento
Indicadores de saúde
Mobile health
TAM
UTAUT
Health care
Electronic equipment
Aging
Health indicators
Issue date2019
Abstract(s)A presente dissertação tem por base o crescente envelhecimento da população e por conseguinte o aumento dos cuidados de saúde, surgindo assim a necessidade de desenvolver novas alternativas à tradicional forma de disponibilização dos cuidados de saúde. No entanto, a mudança do físico e presencial para o digital requer alterações de atitudes e comportamentos dos prestadores dos serviços de saúde e dos seus utilizadores, em particular daqueles com idade mais avançada. O conceito de Mobile Health emerge assim como paradigma relativamente recente face à nova visão dos sistemas de saúde. É, inquestionavelmente, um instrumento valioso para o auto-atendimento no que refere ao diagnóstico, gestão e monitorização de condições de saúde (Koole et al., 2018). Nesta ótica, perceber os determinantes cruciais para a utilização de equipamentos eletrónicos de monitorização de indicadores de saúde, é a base para a estruturação do estudo da presente investigação. O objetivo geral e primordial prende-se na avaliação dos determinantes da intenção de adoção de equipamentos eletrónicos para monitorização de indicadores de saúde, por parte dos potenciais utilizadores. Em particular, iremos avaliar a influência de fatores como a utilidade, facilidade de uso, influência social e condições facilitadores na intenção de utilização dos equipamentos eletrónicos para monitorização de indicadores de saúde; avaliar as intenções comportamentais relativamente à utilização de tecnologia para monitorização de indicadores de saúde; e identificar quais os indicadores/funcionalidades de saúde mais valorizados pelos potenciais utilizadores. Como metodologia utilizamos um quadro teórico já alicerçado, permitindo, através do Modelo TAM e o UTAUT avaliar a aceitação na adoção equipamentos eletrónicos de monitorização de indicadores de saúde. Definimos assim o nosso modelo conceptual através de quatro dos constructos integrados nos modelos: utilidade, facilidade de uso, influência social e condições facilitadoras. O estudo determinou que a utilidade percebida e a influência social são as dimensões que mais influenciam a intenção comportamental dos utilizadores. Estes resultados permitiram avaliar a probabilidade de sucesso para introdução de novas tecnologias ligadas à saúde, levando a uma definição mais clara na direção em que decorre a aceitação por parte dos utilizadores, por forma a estruturar, mais proactivamente, as intervenções direcionados aos utilizadores que possam estar menos inclinados a adotar e usar novos sistemas tecnológicos.
The present dissertation has as basis the increasing aging of the population and as consequence the rising health care, thus raising the need to develop new alternatives to the traditional way of providing health care. However, the change of the physical and in-person into the digital requires changes of attitudes and behaviours of the health care providers and the users, especially of the elderly. The concept Mobile Health emerges this way as a relatively recent paradigm to the new vision of the health systems. It is unquestionably a valuable instrument for the self-understanding in what concerns diagnose, management and monitoring health conditions (Koole et al., 2018). Having this in mind, understanding the crucial determinants for the usage of electronic monitoring health equipment is the base for the structuring of the study of the present investigation. The main and most important goal lays on the evaluation of determinants of the intention of adopting electronic equipment to monitor health indicators by potential users. Particularly, to evaluate the influence of factors such as utility, easy handling, social influence and facilitating conditions in the intention of using electronic equipment to monitor the health indicators; evaluate the behavioural intentions considering the usage of technology to monitor health indicators; and identifying which health indicators/functionalities are more appreciated by the potential users. As methodology we used a theoretical board already structured which enabled, with the help of the Model TAM and UTAUT, to evaluate the acceptancy of the usage of electronic monitoring health equipment. We defined this way our conceptual model through four of the integrated constructs in the model: utility, easy handling, social influence and facilitating conditions. The study determined that the utility perceived and the social influence are the dimensions which more influence the behavioural intention of the users. This results allow to evaluate the probability of success of the introduction of new technologies connected to health, leading to a clearer definition towards the acceptancy by the users in a way that it helps structuring, more proactively, the directed intentions to the users which may be less determined to adopt and use new technological systems.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Estudos de Gestão
URIhttp://hdl.handle.net/1822/61085
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sara+Martins+Teixeira.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID