Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/60816

TitleUma abordagem qualitativa ao papel do capital social no desenvolvimento de iniciativas sociais em Portugal
Author(s)Bernardino, Susana
Santos, J. Freitas
Fagundes, Sandra
KeywordsEmpreendedorismo Social
Valor Social
Recursos
Capital Social
Issue date2016
PublisherUniversidade do Minho. Núcleo de Investigação em Políticas Económicas (NIPE)
JournalNIPE Working Paper
Abstract(s)O objetivo da investigação é o de tentar compreender o papel do capital social no processo de desenvolvimento de iniciativas sociais em Portugal. Para alcançar aquele desiderato procede-se a uma revisão da literatura relevante sobre empreendedorismo social, avançando-se, depois, para uma análise qualitativa através de entrevistas semiestruturadas aos responsáveis dos projetos sociais Cais Recicla, Oficina Agrícola, Semear o Futuro e o Centro de Interpretação da Abelha. Os resultados obtidos permitiram concluir que as iniciativas sociais se confrontam, antes de mais, com dificuldades em obter recursos financeiros de capital privado, continuando a depender em larga medida de financiamento público. Em relação aos recursos humanos, percebe-se que há uma consciencialização acerca da importância de se disporem de pessoas qualificadas, embora não possuam, geralmente, capacidade financeira para as contratar. Deste modo, os modelos de resposta social analisados manifestam claras dificuldades em se tornarem no médio/longo prazo autossustentáveis. Neste contexto, as dotações de capital social detidas pelas organizações revelam-se importantes para a angariação e mobilização dos recursos necessários ao desenvolvimento das atividades organizacionais, nomeadamente através do estabelecimento de parcerias e protocolos de cooperação. Os resultados da investigação realçam a importância da colaboração entre parceiros e os laços de confiança estabelecidos entre as instituições que no concreto procuram resolver os problemas sociais. Por último, a investigação revela que apesar dos benefícios que proporcionam, as parcerias expõem as organizações sociais a alguma dependência, na medida em que a continuidade do projeto requer a manutenção de acordos de cooperação.
TypeWorking paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/60816
Publisher versionhttps://www.eeg.uminho.pt/pt/investigar/nipe/Paginas/publicacoes.aspx
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:NIPE - Documentos de Trabalho

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NIPE_WP_13_2016.pdfUma abordagem qualitativa ao papel do capital social no desenvolvimento de iniciativas sociais em Portugal892,47 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID