Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/60377

TitlePerceções sobre políticas amigas dos animais em contexto organizacional: um estudo de caso
Author(s)Vieira, Beatriz Saltão Palha Pinheiro
Advisor(s)Fernandes, Maria Emília Pereira
KeywordsPolíticas amigas dos animais
Responsabilidade social
Gestão de recursos humanos
Pet friendly policies
Social responsability
Human resource management
Issue date2019
Abstract(s)O presente estudo centra-se na abordagem à temática: políticas amigas dos animais em contexto organizacional, mais especificamente a nível nacional. Assim sendo, as duas grandes questões desta dissertação prendem-se com as perceções que as empresas têm sobre o assunto em questão , bem como de que forma é que estas veem a possível introdução de vida animal não humana no seu dia-a-dia. Paralelamente, interessa ainda perceber quais as vantagens e desvantagens que advêm da inserção de animais nas organizações, assim como qual poderá ser o papel da Gestão de Recursos Humanos no que toca à implementação destas políticas. Para a realização deste estudo optou-se por uma metodologia qualitativa. Assim sendo, foram elaborados dois guiões de entrevista, que foram posteriormente aplicados a uma empresa portuguesa. Um dos guiões tinha como público-alvo os colaboradores, enquanto que o outro se dirigia especificamente à Gestão de Recursos Humanos da referida organização. Os resultados obtidos sugerem que em Portugal, ainda se está a dar os primeiros passos no que toca a políticas amigas dos animais, observando-se de todo o modo alguma relutância. Contudo, começa já a existir alguma sensibilidade e recetividade no que toca às políticas referidas, deixando a porta aberta para futuros estudos nesta área.
The present study is centered on the theme of pet friendly policies on an enterprise context, specifically on a national level. Therefore, there are two big questions that this essay intends to answer: one relates to the perception that the companies have regarding this subject and the other inquiring their opinion when asked about the viability of adding an animal to their day to day organizational routine. Another matter that is also approached in this document is the understanding of positive and negative aspects of having a non-human life within the company and in what should be the part of the Human Resource Management in implementing this type of policies. This study was developed under the qualitative method. In order to do so, two distinct interview scripts were created and then applied to the employees of a Portuguese company. While one of the scripts targeted the employees, the other was specifically pointed at the person responsible for managing the human resources of the company. The results of the study indicate that Portugal is still taking the first steps in regard to pet friendly policies and that there is some reluctance and a lot of more ground to cover. On the other hand, it was verified that some sensibility and receptivity regarding those policies is starting to show, leaving the door open for further developments in this area.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URIhttp://hdl.handle.net/1822/60377
AccessEmbargoed access (2 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Beatriz+Salta_o+Palha+Pinheiro+Vieira.pdf
  Until 2022-01-01
2,22 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID