Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/60306

TitleA leitura como fator de inclusão social: desenvolvimento de um instrumento de avaliação para o 1.º ano de escolaridade
Other titlesReading as a social inclusion factor: development of an assessment test for 1rst grade
Author(s)Silva, Ana Filipa Castro e
Advisor(s)Viana, Fernanda Leopoldina
Sucena, Ana
KeywordsAprendizagem da leitura
Avaliação
Rastreio
Reading acquisition
Evaluation
Screening
Issue date2019
Abstract(s)Em Portugal, uma percentagem superior a 10% dos alunos termina o 2.º ano com competências leitoras frágeis, encontrando-se as crianças de nível socioeconómico baixo em risco acrescido de ter dificuldades ao nível da leitura. Para contrariar esta tendência é necessário intervir e identificar precocemente as dificuldades na aprendizagem da leitura e é neste sentido que o presente trabalho pretende atuar. Propõe-se o desenvolvimento de um teste - TRL - Teste de Rastreio de Leitura - que sinalize precocemente e de forma rápida os alunos com competências leitoras frágeis no final do 1.º ano escolaridade. Este teste é composto por 30 frases incompletas, cada uma seguida de quatro alternativas - duas palavras e duas pseudopalavras - de entre as quais apenas uma está correta. A construção e validação do TRL contemplou quatro etapas: i) a elaboração de um banco de itens; ii) a construção da versão piloto; iii) a realização de um estudo de usabilidade; iv) a realização de um estudo piloto. O estudo piloto, por sua vez, subdividiu-se em quatro subestudos. O primeiro subestudo consistiu na administração do TRL a 232 crianças do 1.º ano do 1.º ciclo, com o objetivo de avaliar o funcionamento do TRL e obter indicadores psicométricos. No segundo subestudo o foco foi a análise estatística dos resultados em relação à influência do sexo, do nível socioeconómico e das variáveis psicolinguísticas manipuladas. No terceiro subestudo foi avaliada a validade concorrente, comparando os resultados de 94 crianças no TRL com duas tarefas de leitura da Bateria de Avaliação da Leitura em Português Europeu – ALEPE. O quarto subestudo visou a análise preditiva do TRL para a sinalização de alunos com competências leitoras frágeis. Para tal, o TRL foi readministrado a um subconjunto de 118 crianças no 2º ano de escolaridade. Os resultados revelam que o TRL reúne condições para ser um instrumento de rastreio da competência leitura, assim podendo ser utilizado no âmbito do nível 1 das medidas universais, preconizadas no Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho.
In Portugal, a percentage higher than 10% of the students concludes the 2nd grade with fragile reading skills. Low social-economic children are in higher risk of becoming poor readers. To counteract this trend, it is necessary to intervene and identify reading acquisition difficulties at an early stage, which consists on the intent of this study. It is proposed the development of a test - TRL - Teste de Rastreio de Leitura –with the purpose of signalizing children with poor reading skills at the end of the 1st grade. This test consists of 30 incomplete sentences, followed by four choices – two words and two pseudowords - with one sole correct answer. The construction and validation of TRL went through four stages: i) the preparation of a bank of items; ii) the construction of a pilot version; iii) a usability study; iv) a pilot study. The first sub study consisted on the administration of TRL to 232 1rst graders with the aim of evaluating the performance of TRL as well as to obtain psychometric indicators. In the second sub study the focus was the statistical analysis of the influence of gender, social economic level and the psycholinguistic variables manipulated. In the third sub study the concurrent validity was evaluated by comparing the results of 94 children in TRL with two reading tasks of Bateria de Avaliação da Leitura em Português Europeu – ALEPE. The fourth sub study analyzed the predictive properties of TRL for signaling students with poor reading skills, for which the test was re-administered to a subset of 118 children now attending 2nd grade. Results reveal that TRL fills the necessary conditions to be adopted as a reading skill screening instrument and that it can be used under level 1 of universal measures recommended in Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Estudos da Criança (área de especialização em Intervenção Psicossocial com Crianças, Jovens e Famílias)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/60306
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Filipa Castro e Silva.pdf2,09 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID