Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/60288

TitleEscutar as crianças e (re)configurar identidades: interações com voz
Author(s)Costa, Conceição Leal
Sarmento, Teresa
KeywordsCrianças
Escuta
Interações
Educadores e professores
Identidades
Escuchar niños
Docentes
Interacciones
Aprendizaje y desarrollo
Identidades Profesionale
Children voices
Interactions
Professional Identities
Issue dateDec-2018
PublisherUniversidade Estadual de Londrina (UEL)
JournalEducação em Análise
Abstract(s)A evolução sócio-histórica da escola, da educação escolar ou o pensamento sobre os professores e a sua formação mostram o quanto se têm ampliado as funções dos professores, redimensionando, inclusivamente, a natureza e a construção do conhecimento sobre as infâncias e as crianças. Para este texto mobilizamos a assertiva de que o professor é um profissional do humano, um interventor mais ou menos consciente e crítico do seu papel social, cuja ação se desenvolve na interação com outras pessoas, em especial e aqui convocadas as crianças. Nessa perspetiva, a ação docente com crianças só faz sentido se estiver fortemente impregnada de um compromisso social, ou seja, com as pessoas nos contextos que habita no dia a dia, pensando no que é mais imediato, mas também com a sociedade e a cultura, em termos mais globais. Neste texto desafiam-nos, portanto, os modos de (re)configuração identitária pelos quais as experiências vividas são mantidas, permanecem amplamente desconhecidas e tantas vezes não são reconhecidas, sobretudo porque as investigações que temos realizado devolvem um feedback merecedor da reflexão profunda sobre o valor e a necessidade de escutar as crianças, valorizando uma ecologia dos saberes, mas também mais amplamente as aprendizagens e o desenvolvimento, pessoais e profissionais, derivados da vida e(m) interação.
For this text, we mobilize the idea that the teacher is a professional of the human being whose action is developed in the interaction with other people, especially with children and their families. In this perspective, teaching children only makes sense if it is strongly imbued with a social commitment, that is, with society and culture in more global terms. Interaction-focused professional development in early childhood and in primary school are discussed. We are challenged by the modes of identity (re)configuration by which the lived experiences are maintained. The effects of children voice remain largely unknown and are often not recognized. On the other hand, the research we have carried out provide feedback worthy of deep reflection on the value and the need to listen to children, valuing an ecology of knowledge, but also more widely the personal and professional learning and development, resultant from life and(in) interaction.
En este texto movilizamos la idea de que el profesor es un profesional de lo humano, un interventor consciente y crítico de su papel social, cuya acción se desarrolla en la interacción con otras personas, en especial y aquí convocadas a los niños. En esa perspectiva, la acción docente con niños pequeños sólo tiene sentido si está fuertemente impregnada de un compromiso social. Es decir, con las personas, en los contextos que habita en el día a día, pero también con la sociedad y la cultura, en términos más globales. En este texto nos desafían los modos de (re)configuración identitaria por los cuales se mantienen las experiencias vividas qui permanecen ampliamente desconocidas y tantas veces no son reconocidas, sobre todo porque las investigaciones que hemos realizado devuelven un feedback merecedor de la reflexión profunda sobre el valor y la necesidad de escuchar a los niños, valorizando una ecología de los saberes, pero también más ampliamente los aprendizajes y el desarrollo, personales y profesionales, derivados de la vida e(n) interacción.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/60288
DOI10.5433/1984-7939.2018v3n2p72
ISSN2448-0320
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Escutar as crianças nos anos iniciais e afirmar a nossa identidade profissional.pdf382,55 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID