Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/59355

TitleA importância da atividade lúdica na escola: da perspectiva dos professores à realidade vivida
Author(s)Condessa, Isabel
Pereira, Vânia
Pereira, Beatriz
KeywordsAtividade lúdicas
formação de professores
Escola
Crianças
Issue date2019
CitationCondessa, I., Pereira, V., Pereira, B. (2019). A importância da atividade lúdica na escola. Da perspectiva dos professores à realidade vivida. In Trevisol, M. T. C., Feldkercher, N., Pensin, D. P. Diálogos sobre formação docente e práticas de ensino (pp.225-248), Campinas, São Paulo: Mercado das Letras.
Abstract(s)Com o aumento da escolaridade obeigatória e com a tendência para a adolescência se estender até mais tarde, deve-se intervir desde muito cedo, integrando pedagogicamente as atividades lúdicas. Nas várias teorias ligadas ao valor do brincar e jogar na infância, associa-se a necessidade de brincar a benefícios de vários fatores, nomeadamente ao controle de energia, das emoções, ao aumento de interesse pela atividade e aquisição de diversas habilidades. Entretanto, os professores ao longo de sua formação, precisam acompanhar as mudanças que a educação requer para se ajustar aos desafios da sociedade, a modo de responder às necessidades dos alunos. Este estudo teve como objetico principal percepber a perspectiva de professores, de diferentes áreas de ensino, sobre o valor que atribuem à atividade lúdica na vida da criança e do jovem e como a sua maior valorização se reflete, ou não, nas suas práticas de ensino na escola. Trata-se de um estudo exploratório de metodologia quantitativa e qualitativa. Para a recolha de dados foi utilizado um questionário elaborado para aoplicação em docentes, organizado em três partes: a) caracterização: dados pessoais e profissionais; b)perspectivas: importância do papel do brincar e jogo em sala de aula, enquanto ferramenta de aprendizagem e promoção do jogo na escola. Este inquérito por questionário envolveu questões a) fechadas, recorrendo a valores dicotômicos (sim,não) e a escala Likert (sem opinião, não concordo, concordo, concordo bastante; nível de importância: nada, pouco importante, importante, muito importante e questões b)abertas para testemunhos e justificativas de suas perspectivas. Os resultados apontam para maioria do sexo feminino (83,1%),na faixa etária entre 36 e 55 anos (75,4%) e com maior prevalência no primeiro ciclo. De uma forma geral, se por um lado é verdade que a atividade lúdica, nas suas múltiplas vertentes, é bem considerada por muito profissionais da educação, neste estudos registámos ainda algumas diferenças nas perspectivas e práticas dos inquiridos quanto ao potencial do jogo enquanto ferramenta pedagógica facilitadora do processo ensino-aprendizagem.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/59355
ISBN978-85-7591-531-8
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
atividade lúdicas e formação de professores_.pdf5,51 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID