Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/59070

TitleTransição, adaptação e sucesso académico: estudo com alunos do 1º ano do Ensino Superior em Angola
Other titlesTransition, adaptation and academic success: study with 1 year students of Higher Education in Angola
Author(s)Nauege, Mbaz
Advisor(s)Almeida, Leandro S.
KeywordsEnsino superior
Transição para a universidade
Adaptação académica
Sucesso académico
Higher education
Transition to university
Academic adaptation
Academic success
Issue date30-Nov-2018
Abstract(s)Esta tese descreve o processo de transição e de adaptação dos estudantes do 1º ano do Ensino Superior (ES) em Angola, e como tais processos influenciam o rendimento académico. O estudo foi realizado na Universidade Lueji A´Nkonde, uma Instituição de ES Pública de Angola. Após algumas dificuldades com a adaptação de uma escala de expetativas e vivências académicas utilizada em Portugal aos estudantes angolanos, o estudo centrou-se na realização de entrevistas auscultando as vivências dos estudantes. Com o conteúdo das entrevistas elaborou-se um questionário semifechado identificando as dificuldades sentidas e apoios recebidos no processo de adaptação: motivos da frequência do ES, dificuldades e vivências na adaptação, transformações pessoais sentidas com a entrada no ES, e propostas de mudanças da instituição para facilitar a adaptação dos seus estudantes. Vários estudos foram realizados, sendo que no último estudo se considerou o rendimento académico dos estudantes em termos das suas classificações escolares. Neste estudo a amostra foi constituída por 746 estudantes do 1º ano repartidos por quatro cursos: Formação de Professores, Direito, Economia e Engenharia. Os resultados não foram congruentes entre si, mesmo no interior de cada curso, nomeadamente em termos do impacto das dificuldades de adaptação na média geral das classificações na Língua Portuguesa e na disciplina nuclear de cada curso. A possibilidade de alguns estudantes pretenderem obter bom rendimento para sair desta Universidade, concorrendo no final do 1º ano a outras instituições, explicará porque algumas vezes os estudantes com mais dificuldades na sua adaptação apresentam melhor desempenho académico. Os dados empíricos sugerem que, apesar das dificuldades relativas à transição e adaptação académica, a motivação intrínseca destes estudantes pela sua capacitação profissional pode contribuir para sua permanência e êxito no seu curso e na sua universidade, havendo oscilações nos resultados obtidos em função das especificidades dos cursos como seria esperado.
This thesis describes the process of transition and adaptation of 1 year students of Higher st Education (HE) in Angola, and how these processes influence academic performance. The study was conducted at the Lueji A'Nkonde University, a Higher Education Public Institution in Angola. After some difficulties with the adaptation of a scale of expectations and academic experiences used in Portugal to Angolan students, the study focused on interviews listening to students' experiences. Using the content provided by the interviews, a semi-closed questionnaire was drawn up, identifying the difficulties experienced and the support received in the adaptation process: reasons for attending HE, difficulties and experiences in adaptation, personal changes experienced during the transition to HE, and proposed changes in the institution to facilitate the adaptation of their students. Several studies were carried out, and the last study considered the academic performance of students regarding their school grades. In this study, the sample consisted of 746 1 year students divided into four courses: Teacher Training, Law, Economics and Engineering. st The results were not congruent between courses, and even within each course, namely in terms of the impact of adaptation difficulties on the general average of the Portuguese language classifications and on the nuclear discipline of each course. The possibility that some students intend to obtain good grades in order to leave this University, applying at the end of the 1 year to st other institutions, may explain why sometimes students with more difficulties in their adaptation present better academic performance. The empirical data suggest that, despite difficulties related to academic transition and adaptation, the intrinsic motivation of these students for their professional qualification can contribute to their permanence and success in their course and university, and there are oscillations depending on the specificities of the courses as expected.
TypedoctoralThesis
DescriptionTese de Doutoramento em Ciências da Educação (Especialidade em Psicologia da Educação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/59070
AccessembargoedAccess (1 Year)
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mbaz Nauege.pdf3,93 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis