Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/59052

TitleCost management in new product development in startups
Author(s)Oliveira, Jorge Miguel Costa
Advisor(s)Nunes, Manuel Lopes
Afonso, Paulo
KeywordsCost management
New product development
Target cost management
Management control systems
Startups
Gestão de custos
Desenvolvimento de novos produtos
Gestão pelo custo alvo
Sistemas de controlo de gestão
Issue date2-Nov-2018
Abstract(s)Most of the costs of a product are defined in the development stage, where the main decisions about the features and characteristics of the product are taken. Thus, decisions and strategies undertaken at this stage are of major importance for the sustainability of the product and ultimately of the business. This is true for traditional and mature companies as well as for new businesses and emergent companies where such processes remain relatively unknown. This study focuses on cost management in new product development in startups. The research path followed this sequence: literature review, specialists panel (Delphi), semistructured interviews (automotive components industry), case study (software industry), semistructured interviews (startups). An exploratory Delphi study comprising two rounds was conducted among 37 international experts and led to the development of a theoretical framework of cost management in new product development with three extensions by increasing level of importance: [1] internal extension (within the company and across multiple departments); [2] a product life-cycle extension (from Target Costing to Kaizen Costing or vice versa); [3] extension of Target Costing or Kaizen Costing to the downstream and upstream of the company (external cost management, which occurs mainly with suppliers but also with clients). Seven companies of the automotive component industry were studied because this industry represents a benchmark of the cost management process where the best practices are applied. The results indicate that cost management in new product development is characterized by chained target costing systems and the application of integrated target costing tools with kaizen costing tools which are used and extended across the supply chain through the use of inter-organizational cost management systems. Furthermore, a case study at a large software development company was conducted. The results suggest that reusable components and outsourcing play an important role in cost management in these companies. In addition, a well-structured scalable architecture and design facilitate the modification and integration of components. Finally, ten startups were studied and results indicate that financial planning and control in startups is very simplistic and done in an ad-hoc manner, but the use of management control systems is necessary to make decisions in a more sustainable way. Startups apply some tools superficially namely, analysis of non-functional requirements, inter-organizational cost management, common modules, continuous testing and kaizen costing (applied to services). From the study of the automotive components industry and the case study at a large software development company, important and additional aspects can be highlighted. A well-structured scalable architecture and design should be improved or implemented in startups, mainly in mass market product companies, since this will allow a greater reuse of software component modules. Continuous integration is much more efficient and brings greater cost savings since later modifications have huge costs. In startups, in most cases, the features and requirements are not valued from the eyes of the customer, leading to the development of more expensive solutions that may not fit the market. The integrated application of tools such as Quality Function Deployment, Value Engineering and Functional Cost Analysis can allow better solutions to be developed in startups.
O custo de um novo produto é em grande parte definido na fase de desenvolvimento, onde são tomadas as principais decisões sobre as características do produto. Assim, as decisões e estratégias empreendidas nesta fase são de grande importância para a sustentabilidade do produto e, em última instância, do negócio. Isto é verdade para empresas tradicionais e maduras, bem como para novos negócios e empresas emergentes, onde estes processos permanecem relativamente desconhecidos. Este estudo foca-se na gestão de custos no desenvolvimento de novos produtos em startups. A investigação seguiu esta sequência: revisão da literatura, painel de especialistas (Delphi), entrevistas semiestruturadas (indústria de componentes para automóveis), estudo de caso (indústria de software) e entrevistas semiestruturadas (startups). Um estudo exploratório suportado no método de Delphi, composto por duas rondas, foi conduzido junto de 37 especialistas internacionais o qual permitiu o desenvolvimento de um modelo para a gestão de custos no desenvolvimento de novos produtos, com três extensões por nível crescente de importância: [1] extensão interna (dentro da empresa e através de vários departamentos); [2] extensão do ciclo de vida de um produto (do Target Costing para Kaizen Costing ou vice-versa); [3] extensão do Target Costing ou Kaizen Costing para jusante e montante da empresa (gestão de custos externos, que ocorre principalmente com fornecedores, mas também com clientes). Foram estudadas sete empresas da indústria de componentes para automóveis uma vez que esta indústria apresenta um processo de gestão de custos de referência, no qual são aplicadas as melhores práticas. Os resultados indicam que a gestão de custos no desenvolvimento de novos produtos é caracterizada por sistemas Target Costing encadeados e pela aplicação de ferramentas Target Costing integradas com ferramentas Kaizen Costing utilizadas em toda a cadeia de valor através do uso de sistemas de gestão de custos inter-organizacionais. Em seguida, foi realizado um estudo de caso numa empresa de desenvolvimento de software. Os resultados sugerem que os componentes reutilizáveis e o outsourcing desempenham um papel importante na gestão de custos. Além disso, um design e arquitetura escaláveis bem estruturados facilitam a modificação e a integração de componentes. Finalmente, foram estudadas dez startups e os resultados indicam que o planeamento e o controlo financeiro em startups é muito simplista e ad hoc, mas também que os sistemas de controlo de gestão permitem tomar decisões de forma mais sustentada. As startups aplicam algumas ferramentas mas superficialmente nomeadamente, análise de requisitos não funcionais, gestão de custos inter-organizacionais, módulos comuns, testes contínuos e kaizen costing (aplicado aos serviços). A partir do estudo da indústria de componentes para automóveis e do estudo de caso na empresa de desenvolvimento de software identificaram-se aspetos adicionais e importantes que merecem ser destacados. Um design e arquitetura escaláveis bem estruturados devem ser melhorados ou implementados em startups, especialmente nas empresas de produtos mass market, uma vez que permitirá uma maior reutilização de módulos de componentes de software. A integração contínua é muito mais eficiente e traz maiores economias de custos, pois as modificações posteriores têm custos consideráveis. Nas startups, na maioria dos casos, os requisitos não são valorizados pelos clientes, levando ao desenvolvimento de soluções mais caras que podem não se adequar ao mercado. A aplicação integrada das ferramentas Quality Function Deployment, Engenharia de Valor e Análise de Custos Funcionais pode permitir desenvolver melhores soluções em startups.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Industrial and Systems Engineering (DPISE)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/59052
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
DPS - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PhD Thesis_Jorge Miguel Costa Oliveira.pdf
  Restricted access
3,66 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID