Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/573

TitleVídeo-formação : uma experiência de videoescopia com professores estagiários
Author(s)Fernandes, Susana Daniela da Silva
Issue date2004
Abstract(s)É inegável que a Tecnologia Educativa desempenha um papel cada vez mais relevante na vida de quotidiana. Da mesma forma, não podemos pensar em educação nem em formação de professores fora desta realidade. Após alguns anos como Orientadora de Estágio Pedagógico numa escola, surgiu a necessidade de alterar, de inovar as estratégias, os meios e os recursos nesta função. Assim, surgiu a ideia de introduzir o vídeo como elemento fundamental para o trabalho a desenvolver durante o ano lectivo de 2002/2003. O vídeo serviu para auxiliar a auto e hetero observação, visando um melhor e mais significativo desenvolvimento de cada professora estagiária. Assim, a autoscopia e a videoscopia foram elementos sempre presentes durante este ano de trabalho. Pretendia-se averiguar de que forma os processos de videoscopia e autoscopia ajudam os professores a tomarem consciência dos processos cognitivos, competências pedagógicas e atitudes que utilizam quando ensinam. A metodologia utilizada ao longo do estudo foi a de desenvolvimento, tratando-se de um estudo de carácter essencialmente descritivo. O trabalho desenvolveu-se com um grupo de três professoras estagiárias e as suas respectivas turmas. Para cada professora foram filmadas e analisadas em seminário um conjunto de três aulas. Desenvolveram-se vários instrumentos de recolha de dados, nomeadamente Guias de preparação para cada seminário, que serviram também como auxiliares aos processos de autoscopia e videoscopia, um questionário de “Competências de Ensino” e uma entrevista. Para além disso, foram gravados em formato áudio todos os seminários relativos às aulas filmadas de cada professora estagiária. Desde o início que existiu uma grande curiosidade, tanto da parte das professoras estagiárias como da parte da Orientadora de Estágio relativamente a esta nova forma de trabalhar. Ao fim das primeiras aulas de cada uma delas, uma conclusão era evidente: ambos os processos, videoscopia e autoscopia têm enormes potencialidades para a formação de professores. Mas, aquele que mais nos fascinou, por todas as novidades que foi trazendo foi o processo de autoscopia. Todas as professoras estagiárias foram de opinião que ao verem o seu trabalho em vídeo, havia sempre algo de novo, coisas que na aula tinha passado despercebidas ou que até já estariam esquecidas. Todos os comentários feitos a estas aulas passaram a ter outro significada para cada uma das professoras.
It’s undeniable that Educational Technology plays an increasingly relevant role in everyday life and, as far as we are concerned, teaching and teacher training must be considered within this framework. After some years of work as a school supervisor in a secondary school, there was the need to change, to refresh some strategies as well as the means and resources available, namely to introduce video as na essential element for the improvement of all the work we intended to develop. The use of video has facilitated self and peer observation, aiming to enhance the performance of each teacher trainee in a more significant way. The analysis of self and peer video recorded performance was thus constantly used during the last year. It was intended to verify if this analysis was an adequate approach to make teachers aware of the cognitive processes, of their pedagogical competence and of the attitudes they adopt when teaching. The methodology used along this study follows the principles oh development research, the study made having been basically of the descriptive kind. The work was implemented by a group of three teacher trainees in their own classes. A set of three lessons was videotaped and later analysed in seminar sessions. Several tools for collecting data were developed, namely Guidelines for each seminar, which were also useful aids in the process of self and peer observation of video recorded work, a questionnaire on Teaching Competence and an interview. Besides, all seminars concerning the videotaped lessons of each teacher trainee were sound recorded. From the very beginning of the process both school supervisor and teacher trainees showed great curiosity about the new approach. Soon after the first lessons the conclusion was obvious: both methods offer na enormous potential for teacher training, specially the self-observation process, which was the method that attracted us most. All trainees agreed that when watching their classroom performance on video, they could always find something new, aspects that had gone unnoticed or had in the meantime been forgotten. All comments on the lessons thus acquired a new meaning for each of the trainees.
TypeMaster thesis
URIhttp://hdl.handle.net/1822/573
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIEd - Dissertações de Mestrado em Educação / MSc Dissertations in Education

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vídeo-Formação.pdf2,99 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID