Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56940

TitleAbordagens da saúde em livros didáticos brasileiro do ensino médio
Other titlesHealth approaches in brazilian high school textbooks
Author(s)Martins, Liziane
Dionor, Grégry Alves
Carvalho, Graça Simões de
El-Hani, Charbel Niño
KeywordsEnsino de Ciências
Science Education
Educação em saúde
Health education
Análise de conteúdo
Content analysis
Issue date2017
PublisherAssociação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC)
CitationMartins, L., Dionor, G.A., Carvalho, G.S. & El-Hani, C.N. (2017). Abordagens da Saúde e Livros Didáticos: o Ensino de Biologia Brasileiro. In: Anais XI ENPEC (Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências). Florianópolis, SC, Brasil, 3-6 julho 2017. pp.1-10.
Abstract(s)O livro didático desempenha papel central nos processos educacionais, sendo geralmente o único material de professores e estudantes. Porém, estudos têm mostrado suas diversas limitações. Assim, focando no ensino sobre saúde, investigamos, através da análise de conteúdo, os 24 livros didáticos de Biologia aprovados no PNLD/2012. A análise foi realizada por meio de um instrumento que contemplou diversas variáveis típicas destas abordagens da saúde, através da sistematização de indicadores de saúde (conceito, determinantes, restauração, intervenções, etiologia, prevenção e aspectos), a partir dos quais podem ser identificadas as abordagens da saúde: biomédica ou socioecológica. Os resultados mostraram que uma abordagem biomédica da saúde, reducionista e focada apenas nos aspectos biológicos, predomina nos livros didáticos, apesar da abordagem socioecológica ter despontado como a mais adequada, por promover uma compreensão mais abrangente e integral da saúde, abordando-a como direito e dever dos indivíduos e das comunidades.
The textbook plays a central role in educational processes, and is generally the only material for teachers and students. However, studies have shown their various limitations. Thus, focusing on health education, we investigated, through content analysis, the 24 Biology textbooks approved in PNLD/2012. The analysis was performed through an instrument that contemplated several variables typical of these health approaches, through the systematization of health indicators (concept, determinants, restoration, interventions, etiology, prevention and aspects), from which health approaches can be identified: biomedical or socioecological. The results showed that a biomedical approach to health, reductionist and focused only on biological aspects, predominates in textbooks, although the socioecological approach has emerged as the most adequate, promoting a more embracing and comprehensive understanding of health, approaching it as right and duty of individuals and communities.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56940
e-ISSN1809-5100
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENPEC2017-AbordagenSaude.pdf702,01 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID