Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56656

TitleConcepção de um fio com baixa massa linear utilizando algodão brasileiro
Other titlesDesign of a yarn with low linear mass using brazilian cotton
Author(s)Souza, Flávio Avanci de
Advisor(s)Vasconcelos, Rosa
Antonelli, Gilberto Clóvis
KeywordsFiação de algodão
fio de algodão
sistema de fiação
massa linear
corespun yarn
Cotton spinning
cotton yarn
spinning system
linear mass
corespun yarn
Issue date7-Jun-2018
Abstract(s)O objetivo deste trabalho foi o estudo e a análise de processos de fiação que permitissem produzir um fio de algodão de baixa massa linear utilizando algodão produzido no Brasil. Este tipo de fio é produzido, normalmente, com algodão do Egito, dadas as características intrínsecas das fibras. Ao longo deste trabalho, são abordados conceitos sobre fibras de algodão e fibras manufaturadas, tecnologias de fiação, características de fios e custos de produção. No que concerne à metodologia adotada, a pesquisa foi classificada como qualitativa e quantitativa, utilizando-se o método científico de investigação-ação. Nesta pesquisa foram utilizados procedimentos para a produção de fios em fiações de algodão e normas para ensaios e análises de fibras e fios. Foram estudadas as características das fibras de algodão brasileiro e egípcio, assim como as de fios produzidos com as mesmas, objetivando formar uma base de dados de referência. Apresentou-se a produção dos fios propostos e a discussão dos resultados. Concluiu-se que foi possível a concepção de um fio com baixa massa linear utilizando o algodão brasileiro a um custo menor do que um fio produzido com algodão egípcio, pelo que a presente tese contribuiu para a quebra de paradigmas relacionados com a utilização do algodão brasileiro para a produção de fios 10 tex, 7 tex e 6 tex. Este trabalho possibilitará novos estudos, como, por exemplo, de seleções de matérias-primas, misturas de fibras ou ajustes de equipamentos, proporcionando melhoria da qualidade aquando da utilização do algodão brasileiro para a produção de fios de baixa massa linear.
The objective of this work was the study and analysis of spinning processes that would allow producing a cotton yarn with low linear mass using cotton produced in Brazil. This type of yarn is usually produced with cotton from Egypt, given the intrinsic characteristics of fibers. Throughout this research are discussed concepts about cotton fibers and manufactured fibers, spinning technologies, yarn characteristics and production costs. Regarding the adopted methodology, the research was classified as qualitative and quantitative, using the scientific method of investigation– action. In addition, in this research were used procedures to produce yarns in spinning cotton and standards for testing and analysis of fiber and yarns. Characteristics of Brazilian and Egyptian cotton fibers were studied, as well as those of yarns produced with them, aiming to form a reference base. The production of yarns and the discussion of the results were presented. It was concluded that it was possible to design a yarn with low linear mass using Brazilian cotton, at a lower cost than a yarn produced with Egyptian cotton, being that the present thesis contributed to a paradigm break concerning the use of Brazilian cotton for the production of 10 tex, 7 tex and 6 tex yarns. This work will allow new studies, such as the selection of raw materials, fiber mixtures or equipment adjustments, improving quality when using Brazilian cotton for the production of low linear mass yarns.
TypeDoctoral thesis
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56656
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
DET/2C2T - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese de Doutoramento_Flavio Avanci de Souza_2018.pdf2,73 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID