Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56559

TitleDo retrato poético: leituras interartísticas na poesia portuguesa contemporânea
Author(s)Tavares, Daniel Santos
Advisor(s)Ribeiro, Eunice
Keywordspoesia
arte
retrato
autorretrato
contemporâneo
Vasco Graça Moura
Herberto Helder
Manuel António Pina
poetry
art
portrait
self-portrait
contemporary
Vasco Graça Moura
Herberto Helder
Manuel António Pina
Issue date7-Jun-2018
Abstract(s)Pretende-se com o presente projeto explorar a questão do (auto)retrato poético no contexto contemporâneo português através de leituras da poesia de Herberto Helder, Vasco Graça Moura e Manuel António Pina. Considerando o contexto teórico-crítico acerca do género do (auto)retrato nas várias linguagens em que se vem praticando, a nossa intenção centrar-se-á nas manifestações (auto)retratísticas discerníveis na obra poética dos autores mencionados para, através de confrontos interartísticos estabelecidos preferencialmente no âmbito das artes visuais dos dois últimos séculos, tentarmos perceber até que ponto se revela, no panorama poético moderno e contemporâneo, uma deslocação ou um afastamento progressivo de uma estética das semelhanças e da narratividade para, ao invés, proporcionar-se uma nova visão do retrato que se afirmará pela fuga à ilustração e ao descritivo, aproximando-se do fragmento, da rasura, da perda, da ausência e do silêncio. Tal deslocação, indissociável das várias crises — do sujeito, da imagem, da representação — em que foi pródigo o contexto cultural moderno e pós-moderno, e das sucessivas reterritorializações da identidade ocorridas a partir daí, colocarão, como demonstraremos, o próprio conceito de retrato face a importantes dificuldades categorizadoras, pondo em causa a sua própria ontologia e a sua própria necessidade.
This project aims at exploring the matters of the poetic (self) portrait within the contemporary Portuguese context while analysing the poetry of Herberto Helder, Vasco Graça Moura and Manuel António Pina. While taking into consideration the theoretical and critical context on the genre of (self) portraiture in the several forms that it has been put into practice, we intend to focus on the manifestations of (self) portraiture discernible in the work of the aforementioned authors, preferably through interartistic juxtapositions established within the realm of the visual arts of the last two centuries, in order to understand the existence of a progressive deviation or digression from an aesthetic of similarities and narrative, as one heads towards a new view on portraits that defines itself by an escape from illustration and description, by becoming closer to fragments, erasure, absence and silence. This displacement, inextricable from several crises - of the subject, of images, of representation - in which the cultural modern and post-modern context was rather profuse, and the several reterritorialisations of identity that took place from them, will therefore expose, as we argue, the concept of portrait to certain problems of categorization, questioning its own ontology and its own necessity.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento Modernidades Comparadas: Literaturas, Artes, Culturas
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56559
AccessOpen access
Appears in Collections:CEHUM - Teses de Doutoramento
BUM - Teses de Doutoramento
ILCH - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Doutoramento Daniel Tavares.pdf18,49 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID