Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56233

TitleA prática baseada em evidência no contexto da Atenção Primária à Saúde
Author(s)Schneider, Luana Roberta
Pereira, Rui Pedro Gomes
Ferraz, Lucimare
KeywordsPrática clínica baseada em evidências
Atenção Primária à Saúde
Estratégia
Evidence-based practice
Primary Health Care
Family Health Strategy
Issue dateSep-2018
PublisherCentro Brasileiro de Estudos de Saúde
JournalSaúde em Debate
Abstract(s)A prática baseada em evidência agrega o melhor conhecimento científico, com a experiência clínica do profissional e a escolha do paciente, resultando em uma maior resolutividade na assistência em saúde. O objetivo do estudo foi analisar a prática baseada em evidência dos profissionais das equipes com Estratégia Saúde da Família em um município de Santa Catarina. Trata-se de um estudo quantitativo, realizado por meio de questionários com 112 profissionais de saúde. Os resultados apontaram que eles consideram a prática baseada em evidência fundamental, contudo, em suas ações, ela está mais centrada na experiência clínica. Outrossim, não se sentem plenamente capacitados para realizar a busca de evidências científicas, destacando o pouco conhecimento e habilidades em pesquisa. Além disso, ressaltam a alta demanda de atendimentos, escasso domínio de língua estrangeira e falta de apoio da gestão como dificultadores. Conclui-se que os profissionais da atenção primária precisam se aprimorar para o desenvolvimento da prática baseada em evidência, sendo que isso ultrapassa a sua vontade individual, ficando também ao encargo das instituições formadoras e dos serviços de saúde.
Evidence-based practice brings together the best scientific knowledge with the professional’s clinical experience and the patient’s choice, resulting in a higher resoluteness in health care. The research was carried out aiming at analyzing the evidence-based practice of professionals from Family Health Strategy teams, in a city in the state of Santa Catarina. It was a quantitative study, developed through questionnaires with 112 health professionals. The results showed that professionals consider evidence-based practice essential; however, such practice is more focused on clinical experience in their actions. Moreover, they do not feel completely qualified to search for scientific evidence, highlighting their little knowledge and abilities on research. In addition, they emphasized that applying evidence-based practice is even more difficult because of high demand for care, lack of foreign language skills and lack of management support. As a conclusion, primary care professionals need some improvement for the development of evidencebased practice, which doesn´t only depend on their individual willingness, but it is also a responsibility of educational institutions and health services.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56233
DOI10.1590/0103-1104201811804
ISSN0103-1104
e-ISSN2358-2898
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:ESE-CIE - Artigos em Revistas Internacionais / Papers in International Journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Saude em Debate - PBE_APS_artigo.pdf22,11 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID