Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/56136

TitleAlimentação ao deitar, qualidade do sono, sintomas e desempenho escolar em crianças de 1.º CEB
Author(s)Anastácio, Zélia
Coelho, Sónia
KeywordsCrianças
Alimentação
Sono
Aprendizagem escolar
Issue dateSep-2018
CitationAnastácio, Z. & Coelho, S. (2018). Alimentação ao Deitar, Qualidade do Sono, Sintomas e Desempenho Escolar em Crianção de 1.º CEB. In Z. Anastácio, G. S. Carvalho & B. Pereira (Eds). (2018). Atividade Física, Saúde e Lazer: Desenvolvimento Infantil e Comportamentos Alimentares (pp. 53-75). Riga: Novas Edições Acadêmicas, member of OmniScriptum Publisihing Group
Abstract(s)Nesta investigação pretendeu-se averiguar a influência da qualidade do sono e da alimentação, na saúde, no comportamento e na aprendizagem escolar de crianças de 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB). O estudo foi do tipo transversal e a metodologia predominantemente quantitativa. Para a recolha de dados construímos e validámos um questionário, para satisfazer especificamente os propósitos desta investigação, cujo problema emergiu da observação dos comportamentos das crianças em sala de aula. Como variáveis dependentes para a qualidade do sono foram considerados os sintomas à chegada à escola, as dificuldades sentidas na sala de aula, os sintomas durante o dia, as dificuldades em adormecer, os sintomas ao deitar, o facto de acordar durante a noite, as dificuldades em levantar de manhã, os sintomas ao acordar e o desempenho escolar. Os fatores associados foram a ingestão de alimentos antes de deitar e o tipo de alimentos ingeridos. A amostra foi de conveniência e incluiu todos os alunos de uma escola de 1.º CEB tendo ficado constituída por 114 indivíduos (56 do sexo feminino e 58 do sexo masculino). Os questionários foram preenchidos pelos alunos em sala de aula, tendo uma investigadora auxiliado as crianças de 1.º ano. Os dados recolhidos foram tratados com o programa informático SPSS. Começou-se por fazer uma análise descritiva das variáveis dependentes e posteriormente procuraram-se associações entre estas e os fatores considerados, utilizando o teste paramétrico t de Student e o teste não paramétrico Kruskall-Wallis. Os resultados revelaram que a maioria das crianças se sente bem na escola e tem boa qualidade do sono, havendo algumas que se revelaram cansadas, sonolentas, abatidas, em vários momentos do dia. As crianças que comem sempre antes de deitar revelaram chegar à escola mais sonolentas, ter mais dificuldades em cumprir regras, ter mais dificuldades em adormecer, assim como acordam mais durante a noite. O desempenho escolar tende a ser condicionado pela ingestão de alimentos ao deitar, sendo o mais favorável o leite e os menos favoráveis as guloseimas e o iogurte.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/56136
ISBN978-620-2-03648-1
AccessEmbargoed access (2 Years)
Appears in Collections:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CapLivroNEA2018_ZeliaAnastacio&SoniaCoelho.pdf
  Until 2020-10-01
611,02 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID