Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/55996

TítuloTransferência do conhecimento: diferença entre formação técnica vs. formação comportamental
Autor(es)Nogueira, João Filipe Silva Ribeiro Loureiro
Orientador(es)Veloso, Ana
Palavras-chaveFormação
Transferência do conhecimento
Holton
Fatores organizacionais
Trainning
Transfer knowledge
Organizational factors
Data2018
Resumo(s)A formação profissional constitui um instrumento indispensável para atingir os objetivos das múltiplas estratégias organizacionais. Consequentemente, o âmbito da presente dissertação consiste num estudo da interação entre a formação e a aprendizagem, com vista a entender como os fatores organizacionais afetam a transferência da aprendizagem para o local de trabalho, num grupo de sujeitos, em função de dois diferentes tipos de formações (comportamental e técnica). Desta forma, foi realizado um estudo numa loja de uma multinacional Portuguesa situada no concelho de Braga. Oitenta e seis sujeitos responderam a um questionário baseado no modelo de Holton (1996), e validado para a população portuguesa por Velada et al., (2009), a fim de explorar os fatores organizacionais da transferência do conhecimento para o local de trabalho, Os resultados do estudo demostram que não existem diferenças significativas entre formação de caracter técnico (merchandising) e formação de caracter comportamental (segurança e higiene do trabalho), nos trabalhadores desta organização.
Professional training is a fundamental tool to achieve the organizations strategies and goals. Therefore, the scope of this thesis is the study of the interaction between training and learning, in order to understand how the organization factors will affect the transfer to the work place, in a group of individuals, based on two types of trainings ( behavioural and Technical) ) Consequently, it was performed a study in a Portuguese multinational store, at Braga city, in which a sample of 86 individuals where submitted to a questionnaire based in Holton’s models (1996) and validated for the portuguese population by Velada et al., (2009), in order to explore the organizational factors of the transfer knowledge to the workplace The study results indicates that there are no significant differences between technical training (merchandising) and behavioural training (Safety and Hygiene at Work).
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55996
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao+joao+nogueira+final+3.pdf491,94 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis