Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/55674

TitleAvaliação externa e autoavaliação num agrupamento de escolas TEIP
Author(s)Sousa, Joana Raquel Faria de
Costa, Natália
Pacheco, José Augusto
KeywordsAvaliação externa das escolas
Autoavaliação de escolas
Agrupamentos de escolas TEIP
Issue date2017
PublisherEdições Universitárias Lusófonas
CitationSousa, J., Costa, N., & Pacheco, J. A. (2017). Avaliação Externa e Autoavaliação num Agrupamento de Escolas TEIP. In Galego, C., Ricardo, M. M. C. & Teodoro, A. (Orgs.), A educação Comparada para além dos números: contextos locais, realidades nacionais e processos transnacionais (pp. 718-724). Lisboa: Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento (CeiED) e Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE), Edições Universitárias Lusófona.
Abstract(s)Em Portugal, a Avaliação Externa de Escolas (AEE) é regulada pela Lei nº 31/2002, de 20 de fevereiro, tendo sido implementada, a partir de 2005/06, pela Inspeção Geral de Educação e Ciência (IGEC). Este modelo constitui-se como um identificador de boas de práticas organizativas, procedimentais e pedagógicas das instituições educativas. Pretende criar de forma duradoura e sistemática uma cultura de autoavaliação e melhoria através da criação de níveis de eficiência e eficácia que permitam a contextualização e interpretação dos resultados com vista à qualidade, credibilização e sucesso do sistema educativo. Os estudos empíricos realizados entre 2012 e 2015, por investigadores de seis universidades públicas portuguesas (Minho, Porto, Coimbra, Lisboa, Évora e Algarve), no âmbito de um Projeto com financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia sobre a AEE (PTDC/CPE-CED/116674/2010) permitiu a valorização e promoção de práticas avaliativas com base em sinergias interinstitucionais provenientes de pontes entre as universidades e os agrupamentos de escolas, tornando a avaliação relevante ao nível social (Pacheco, 2014). O estudo apresentado foi realizado num agrupamento de escolas de Território Educativo de Intervenção Prioritária (TEIP) com o objetivo de problematizar a Autoavaliação de Escolas (AE), numa lógica de desenvolvimento, melhoria e aprendizagem (Schreens, 2003; Nevo, 2007; Pacheco, 2010). Através de uma oficina-formação em que participaram os atores educativos, foram discutidas as necessidades do AE TEIP com objetivo de responder à demanda da AEE numa lógica de grounded theory (Charmaz, 2009; Amado, 2013). Os resultados apontam para a pertinência da interligação entre a AEE e a AE, num processo que compreende uma cultura colaborativa dos atores educativos através da realização de um diagnóstico, da mobilização e adoção de procedimentos de melhoria, fomentando um continuum da AE (Huberman & Miles, 1984; Fullan, 1991; Stringfield, 2002), cada vez mais orientada para uma lógica de resultados académicos.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55674
ISBN978-989-757-035-3
Publisher versionhttp://www.ceied.ulusofona.pt/pt/livro-de-atas-a-educacao-comparada-para-alem-dos-numeros-contextos-locais-realidades-nacionais-processos-transnacionais/?utm_source=Confer%C3%AAncia+SPCE-SEC&utm_campaign=6b25f54c68-EMAIL_CAMPAIGN_2017_06_20_COPY_01&utm_medium=email&utm_term=0_eb05ac667b-6b25f54c68-285057817
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Textos em volumes de atas de encontros científicos nacionais e internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TextoEBook_Spce-Sec_Lisboa16.pdf3,55 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID