Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/55673

TitleMomentos de inovação no tratamento transdiagnóstico das perturbações emocionais
Other titlesInnovative moments in the transdiagnostic treatment of emotional disorders
Author(s)Ferreira, Helena Maria Afonso Lica Lima
Advisor(s)Batista, João
Gonçalves, Miguel M.
KeywordsMomentos de inovação
Psicoterapia
Tratamento transdiagnóstico das perturbações emocionais
Ansiedade
Depressão
Innovative moments
Psychotherapy
Transdiagnostic treatment of emotional disorders
Anxiety
Depression
Issue date2018
Abstract(s)Os clientes em psicoterapia são constrangidos por um padrão problemático que limita o modo como é atribuído significado às experiências de vida e gera sofrimento psicológico. Os momentos de inovação (MIs) são exceções à narrativa problemática do cliente, constituindo-se como novas formas de agir, pensar, sentir ou relacionar-se e emergem durante a psicoterapia no diálogo terapêutico. Estudos prévios demonstraram uma associação entre a emergência de MIs e melhoria sintomática. O presente estudo pretende replicar este resultado com uma amostra clínica diferente e de maior dimensão, e, um novo modelo terapêutico. Propõe-se ainda caracterizar o perfil de emergência de MIs (3 níveis) nesta nova amostra. A amostra inclui 23 casos com perturbação de ansiedade e /ou depressiva seguidos em terapia com o Protocolo Unificado para o Tratamento Transdiagnóstico de Perturbações Emocionais. Como em estudos anteriores, nesta amostra maior emergência de MIs está associada à melhoria dos sintomas. Casos de sucesso e insucesso apresentaram perfis de evolução narrativa diferentes. O tempo foi preditor da emergência de MIs total e de cada um dos níveis, o que sugere que é necessário tempo na ocorrência de um processo de mudança em psicoterapia, ou que a sequência de módulos deste modelo facilita a mudança terapêutica.
The clients in psychotherapy are constrained by a maladaptive pattern that limits the way meaning is given to life experiences and that generates psychological suffering. Innovative moments (IMs) are exceptions to the client's problematic narrative, as new ways of acting, thinking, feeling or relating and emerge during psychotherapy in therapeutic dialogue. Previous studies found an association between the emergence of IMs and symptomatic improvement. The present study aims to replicate this result with a different and larger clinical sample, and a new therapeutic model. Another aim is to describe the IMs emergence pattern (organized in three levels) in this new sample. The sample includes 23 cases with anxiety and/or depressive disorder followed in therapy with the Unified Protocol for the Transdiagnostic Treatment of Emotional Disorders. As in previous studies, in this sample a higher IMs emergence is associated with a greater symptom improvement. Good and poor outcome cases showed different narrative evolution patterns. Time predicted IMs emergence, in total and of each of the levels, suggesting that time is required in a process of change in psychotherapy, or that the sequence of modules in this protocol facilitates therapeutic change.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55673
AccessEmbargoed access (2 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE+Versão+Final.pdf
  Until 2021-01-01
2,03 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID