Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/55288

TítuloDificuldade das PME(s) obterem financiamento: estudo de caso em Portugal
Outro(s) título(s)Difficulty of SMEs obtained in financing: a case study in Portugal
Autor(es)Correia, Luís Tomás Sardinha
Orientador(es)Costa, Carlos Alberto Arriaga Taboleiros
Palavras-chavePequenas e Médias Empresas (PME)
Dificuldades de financiamento
Crédito
Small and Medium Enterprises (SMEs)
Financing difficulties
Credit
Data2018
Resumo(s)Em Portugal, assim como em todos os países europeus, são predominantes as micro-empresas e as pequenas e médias empresas (PME) em quase todos os sectores de atividade económica. Neste estudo será analisado as dificuldades de financiamento das PME(s). Esta questão é importante atendendo às necessidades de financiamento para a vida saudável de uma empresa e também porque estas predominam no setor empresarial português, promovendo assim o emprego. Importa saber se esta dificuldade é devido às PME(s) possuírem uma informação opaca, ou devido aos bancos sobrecarregarem as empresas com demasiadas taxas de juro, garantias, ou até mesmo se o apoio do Estado está em falha. Uma vez que os bancos possuem vários tipos de financiamento que as PME(s) podem usufruir, e algumas dessas medidas pode ainda englobar as ajudas de instituições como o IMPMEI e o IFD, estas empresas não deveriam sentir dificuldade em usufruir de tais recursos. As PME(s) deveriam utilizar um conjunto de técnicas, como por exemplo, utilizar o crédito comercial em conjunto com o financiamento bancário, ou utilizar o leasing e crédito comercial, ou, ainda, recorrer a mais ajudas externas como os subsídios do Estado, as ajudas dos Institutos de Garantia Mútua, em conjunto com o financiamento bancário, reduzindo as dificuldades encontradas e obtendo o financiamento pretendido para os seus projetos.
Portugal, like almost all countries of European Union, is predominantly composed by micro enterprises and small and medium enterprises (SME) in all sectors of the economic activity. This study analyses the financing difficult of SME(s). This question is important because these enterprises need financing for their health life and because they predominate the sector of business in Portugal and promote employment. It is important to know if this difficulty is justified because SME(s) have opaque information or if it is because banks require too much interest rate, guaranties or if the government support is declining. Banks have many lines designed to help SME(s) (some of these lines englobe the support of institutions as IMPMEI and IFD), therefore they should not have difficulties in to obtain financing. These enterprises should use a set of techniques such as business credit together with bank financing or leasing with business credit or, even, resort to external help like government subsides, mutual guaranties institutions, together with bank financing thereby reducing the difficult observed and with the purpose to obtain necessary financing for their projects.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Economia Monetária, Bancária e Financeira
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55288
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE+Toma_s.pdf3,31 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis