Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/55280

TitleA lusofonia no contexto das identidades transnacionais e transcontinentais
Other titlesLusophony in the context of transnational and transcontinental identities
Author(s)Martins, Moisés de Lemos
KeywordsLusofonia
Lusotropicalismo
Língua portuguesa
Identidades transnacionais
Globalização
Poder simbólico
Lusophony
Lusotropicalism
Portuguese language
Transnational identities
Globalization
Symbolic power
Issue dateJan-2018
PublisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Letras
JournalLetrônica
CitationMartins, M. L. (2018). A lusofonia no contexto das identidades transnacionais e transcontinentais. Letrônica - revista do Programa de Pós-graduação em Letras da PUCRS, 11(1), 3-11
Abstract(s)A lusofonia é uma “comunidade imaginada”, de caráter transcultural e transnacional. Tratando-se de um projeto com um passado de cinco séculos, assente no denominador comum que a língua portuguesa constitui, a lusofonia é, simultaneamente, um projeto disperso por vários espaços geograficamente distantes nos quais habitam cidadãos de diversas etnias e com diferentes culturas. Para podermos perspetivar o futuro da lusofonia interessa, por isso, não apenas compreender a sua complexa construção no presente, como também os desafios que tem pela frente. Na ideia de lusofonia joga-se uma luta simbólica pela divisão da comunidade internacional em áreas culturais. Vou, pois, neste artigo, considerar a ideia de lusofonia como um combate pela “ordenação simbólica do mundo” (Bourdieu), onde se colocam os problemas de língua hegemónica e de subordinação científica. E sendo tecnológica a condição da época e o ciberespaço um novo contexto de comunicação, coloco a possibilidade de a lusofonia se construir, também, através de web sites, de portais eletrónicos, de redes sociais, de repositórios digitais e de museus virtuais.
Lusophony is a transcultural and transnational “imagined community”. Being a project with a past of five centuries, based on the Portuguese language, Lusophony is simultaneously a project dispersed by several geographically distant spaces in which citizens of diverse ethnic groups and with different cultures live. In order to be able to explore the future of Lusophony, it is therefore important not only to understand its complex construction in the present, but also the challenges that lie ahead. In the idea of Lusophony, a symbolic struggle is played by the division of the international community in cultural areas. I will therefore consider the idea of Lusophony as a struggle for the "symbolic order of the world" (Bourdieu), where the problems of hegemonic language and scientific subordination are posed. Being technological the condition of the time, and cyberspace a new context of communication, I place the possibility of Lusophony being built, also, through web sites, electronic portals, social networks, digital repositories and virtual museums.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55280
DOI10.15448/1984-4301.2018.1.30438
e-ISSN1984-4301
Publisher versionhttp://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/letronica/article/view/30438/16966
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Artigos em revistas internacionais / Articles in international journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_Martins_A-lusofonia-no-contexto-das-identidades.pdf733,63 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID