Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/55045

TitlePor uma vida ativa no Centro Social e Paroquial de Santa Eulália de Crespos
Other titlesFor an active life in the Social and Parish Center Santa Eulália de Crespos
Author(s)Dias, Ana Margarida Machado
Advisor(s)Martins, Custódia
KeywordsAnimação sociocultural
Educação de adultos
Envelhecimento ativo
Qualidade de vida
Active aging
Adult education
Sociocultural animation
Quality of life
Issue date2017
Abstract(s)Atualmente vivemos numa sociedade com um índice de envelhecimento populacional cada vez mais acentuado, o que instigou a grandes mudanças nas últimas décadas, quer a nível económico, demográfico e social, desenvolvendo-se para isso infraestruturas políticas e serviços mais apropriados a esta nova realidade. Por este motivo, é necessário não só proporcionar momentos de ocupação de tempos livres, mas também promover a participação ativa e a autonomia dos idosos na sociedade. As instituições ficam incumbidas de potencializar e proporcionar a todas estas pessoas momentos de informação, formação e educação – formal, não formal e informal. Pelo que referi, o projeto “Por Uma Vida Ativa no Centro Social e Paroquial de Santa Eulália de Crespos”, levado a cabo na respetiva instituição, teve como principal finalidade promover o Envelhecimento Ativo dos idosos, e, consequentemente, estimular e desenvolver todas as dimensões do indivíduo, como melhorar o bem-estar e a “qualidade de vida” destes utentes/clientes. O projeto apresentado apoiou-se num trabalho de investigação-ação participativa de cariz qualitativo, no qual se adotou como meio de intervenção a animação sociocultural. Neste sentido, foram proporcionadas atividades que promoveram/potencializaram o desenvolvimento pessoal, grupal e social. Assim, criou-se momentos e espaços, que permitiram e permitem aos idosos uma aprendizagem ao longo da vida.
Nowadays, we live in a society with a high growing aging population index, what instigated big changes in the last decades, at economic, demographic and social levels, what made possible the developing of political and social infrastructures, more adapted to this reality. For this reason, it is not only necessary to provide leisure time, but also to promote the active participation and autonomy of the elderly in the society. It is in the hands of the institutions to empower and provide moments of information, training and education – formal, non-formal and informal – for these people. For what I referred, the project “Por uma Vida Ativa no Centro Social e Paroquial Santa Eulália de Crespos” (“For an Active Life in the Social and Parish Center Santa Eulália de Crespos”), carried out in this institution, the most important goal was to promote the Active Aging of the Elderly, and consequently, encourage and develop all the dimensions of the individual, how to improve the welfare and the “quality of life” of those users/clients. The present project was based on a qualitative and participative research-action, in which the intervention adopted was by a sociocultural animation. So, there were provided activities that promoted/enhanced personal, group and social development, creating moments and spaces that allowed the elderly to learn throughout their lives.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/55045
AccessEmbargoed access (3 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Margarida Machado Dias.pdf
  Restricted access
3,84 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!
Apêndices I - Cópia.pdf
  Restricted access
998,95 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID