Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/54835

TítuloO abandono escolar no ensino superior: trajetos e projetos: uma análise sociológica
Outro(s) título(s)School dropout in higher education: paths and projects: a sociological analysis
Autor(es)Araújo, Tânia Daniela da Silva
Orientador(es)Palhares, José Augusto
Palavras-chaveAbandono escolar
Ensino superior
Universidade
Juventude
Políticas educativas
School dropout
Higher education
University
Youth
Educational policies
Data2018
Resumo(s)A presente dissertação de mestrado visa conceber uma análise sociológica sobre o abandono escolar no ensino superior. Em que medida o fator económico justifica o abandono da universidade? Será que os jovens têm outros projetos incompatíveis com um curso superior? Como estabelecem as suas prioridades face a uma precariedade de um título académico no mercado de trabalho? Este trabalho, de cariz exploratório, assenta-se num paradigma construtivista e interpretativo, que recorre a metodologias qualitativas e quantitativas e ao método do estudo de caso. A pesquisa empírica passou por quatro momentos, que se cruzaram em termos temporais, mas que se diferenciam quanto aos participantes e aos métodos e técnicas utilizados: um primeiro momento passou pela análise documental e pesquisa bibliográfica; um segundo momento implicou a auscultação e a análise de conteúdo de mensagens alusivas ao Dia do Estudante, da autoria de alunos da Universidade do Minho; um terceiro momento consistiu na administração de um inquérito por questionário dirigido a alunos da Universidade do Minho; finalmente, um quarto momento consistiu na realização de entrevistas, convertidas, posteriormente, em aproximações de retratos sociológicos a alunos desistentes de diferentes instituições do ensino superior público português. Com a crise financeira que surgiu, internacionalmente, em 2008 e, em Portugal, três anos mais tarde, o ensino superior sofreu cortes da parte do Estado e o pagamento das propinas tem sido um encargo demasiado pesado para muitas famílias portuguesas. Por outro lado, a incapacidade do sistema do mercado de trabalho de absorver os licenciados é algo que tem levado à emigração e à desvalorização do diploma, sobretudo em áreas como a das Ciências Sociais. Pela sua natureza multidimensional e porque “não há um, mas vários insucessos” (Pires, 1987), o fenómeno do abandono reveste-se de muitas facetas. Entre diferentes realidades e múltiplas especificidades, encontrámos jovens que apelam a um papel mais interventivo do Estado e das universidades, reivindicando medidas mais justas e equitativas de ação social; outros que não veem num curso superior uma prioridade ou sequer um projeto de vida; outros, ainda, que persistem, apesar das dificuldades e dos seus receios quanto ao futuro que se lhes reserva.
This master`s dissertation aims to design a sociological analysis on school dropout in higher education. To what extent does the economic factor justify the early university leaving? Do young people have other projects incompatible with higher education? How do you calculate your priorities in face of the precariousness of an academic title in the job market? This exploratory work is based on a constructivist and interpretative paradigm that uses qualitative and quantitative methodologies and methodological strategies of case study. The empirical research went through four moments, which were crossed in temporal terms, but differ in terms of the participants and the methods and techniques used: a first moment passed through the documentary analysis and bibliographical research; a second moment was the hearing and analysis of message´s content related to Student Day, by students of the University of Minho; a third moment consisted in the administration of a questionnaire survey directed to all students of the University of Minho; finally, a fourth moment consisted of interviews, later converted into approximations of sociological profiles of the students that are dropping out the different institutions of portuguese public higher education. With the financial crisis that arose, internationally, in 2008 and three years later in Portugal, higher education has suffered cuts from the State and the payment of tuition has been a burden too heavy for many portuguese families. On the other hand, an inability of the work market to absorb the graduates is something that has led to the emigration and the devaluation of the diploma, especially in areas such as Social Sciences. By its multidimensional nature, the phenomenon of dropout has many facets. Between different realities and multiple specificities, we have found young people who call for a more interventive role of the State and universities, demanding fairer and more equitable measures of social action; others who do not see a higher course a priority or even a life project; still others persist, despite the difficulties and their fears about the future that is reserved for them.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Sociologia da Educação e Políticas Educativas)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/54835
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tânia Daniela da Silva Araújo.pdf5,64 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis