Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/54428

TitleO risco de incêndio florestal: a importância de um plano de gestão de combustíveis: o caso de Vieira do Minho
Author(s)Martins, Luís Miguel Batoca
Advisor(s)Bento-Gonçalves, António
KeywordsIncêndios florestais
Gestão de combustíveis
Vieira do Minho
Fogo controlado
Forest fires
Fuel management
Controlled fire
Issue date2017
Abstract(s)Um dos maiores flagelos ambientais em Portugal, das últimas décadas, é a ocorrência de um número muito elevado de incêndios florestais e de uma extensa área ardida, que se constitui como a principal ameaça ao desenvolvimento sustentável da floresta. Tal devese aos fatores morfológicos do território, aos climáticos e silvícolas, associados à falta de ordenamento florestal e à destruturação do mundo rural. Esta é uma realidade que existe atualmente e que todos os estudos apontam com potencial para se vir a tornar ainda mais dramática. Neste sentido, sendo os incêndios florestais a principal causa das profundas debilidades que afetam a floresta portuguesa, torna-se fundamental estudar a sua importância e medidas preventivas de forma a mitigar as suas consequências. O concelho de Vieira do Minho apresenta-se como um bom caso de estudo, uma vez que é anualmente afetado pelos incêndios florestais, e, por esse motivo, o município tem promovido um projeto piloto de organização, coordenação e gestão de ações de Defesa da Floresta Contra Incêndios, no âmbito do seu território. Este projeto tem como base a gestão de combustíveis, centrando-se numa análise da rede de gestão de combustíveis, para mais tarde proceder a uma implementação de métodos que minimizem a propagação dos incêndios florestais, através de atividades de silvicultura preventiva e fogo controlado.
One of the major environmental scourges in Portugal in recent decades is the occurrence of a very high number of forest fires and an extensive burning area, which constitutes the main threat to the sustainable development of the forest. This is due to the morphological factors of the territory, to the climatic and silvicultural factors associated with the lack of forest management and the destructuring of the rural world. This is a reality that exists today and that all studies point to the potential to become even more dramatic. In this sense, since forest fires are the main cause of the profound weaknesses affecting the Portuguese forest, it is fundamental to study their importance and preventive measures in order to mitigate its consequences. The municipality of Vieira do Minho presents itself as a good case study, since it is annually affected by forest fires, and, for this reason, the municipality has promoted a pilot project of organization, coordination and management of actions of Defense of the Forest against Fire, within its territory. This project is based on fuel management, focusing on an analysis of the fuel management network, to later implement methods that minimize the spread of forest fires through preventive forestry and controlled fire activities.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Geografia (área de especialização em Planeamento e Gestão do Território)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/54428
AccessEmbargoed access (3 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CEGOT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luís Miguel Batoca Martins.pdf
  Restricted access
7,19 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID